Connect with us

Anápolis

Chuva volta ao Centro-Oeste do Brasil

Published

on

DA REDAÇÃO

Durante esta quarta-feira, 16 de dezembro, uma intensa área de instabilidade entre o Paraguai e o norte do Argentina ganhou força e, no decorrer do dia, tende a crescer ainda mais, espalhando temporais sobre o centro-sul do Brasil. 

A situação é de perigo para grandes tempestades, com raios e rajadas de vento de até 90km/h em áreas do sul e centro-leste de Mato Grosso do Sul. Há possibilidade de granizo em alguns pontos. 

Já nas áreas do centro-norte do estado, no centro-sul de Goiás e em Mato Grosso, a previsão é de sol e chuva isolada. No norte de Goiás e no Distrito Federal o tempo segue firme.

Tendência para os próximos dias

Uma massa de ar quente vai predominar sobre a Região Centro-Oeste,  dificultando a formação de grandes instabilidades. Até o próximo domingo, 20 de dezembro, o acumulado de chuva é significativo apenas no sul e no leste de Mato Grosso do Sul, se aproximando de 60mm em alguns pontos.

O centro-norte de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e DF ainda terão dias com pouca umidade. A chuva que acontece é isolada e não acumula volumes significativos. Confira no mapa abaixo:

Segundo indicação dos modelos meteorológicos de previsão do tempo a tendência é de que até o fim do mês a umidade retorne à Região.

Com o enfraquecimento do ar quente que predomina sobre os estados do Centro-Oeste e por causa da formação de um novo corredor de umidade, até o fim do ano são esperadas boas quantidades de chuva para a Região, como indicado abaixo:

Fonte: Instituto Climatempo

Continue Reading
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anápolis

Anápolis recebe quase seis mil doses de Coronavac

Published

on

Vacinação segue em cinco pontos fixos para idosos com idade igual ou superior a 80 anos, cadastrados no ZAP da Vacina

DA REDAÇÃO

A Prefeitura de Anápolis recebeu, no início da tarde desta quinta-feira, 25, mais 5,9 mil doses da vacina Coronavac. Os imunizantes que chegaram nesta remessa serão distribuídos da seguinte forma: 2,4 mil para a aplicação da 1ª dose e 3,5 mil para a 2ª dose.

A campanha de imunização em Anápolis segue ininterrupta graças ao controle das faixas etárias beneficiadas a partir da quantidade de doses que chegam à cidade.

Visando ampliar o número de anapolinos imunizados em um espaço de tempo menor, o prefeito Roberto Naves abriu negociação em duas frentes para compra de doses da Sputnik V e do imunizante produzido pela Pfizer.

É importante frisar que a vacinação acontece normalmente para idosos com idade igual ou superior a 80 anos. Aqueles que ainda não foram vacinados devem se cadastrar no Zap da Vacina. Quem já recebeu a 1ª dose precisa ficar atento à data limite marcada no cartão de vacina para a 2ª dose.

Anápolis tem cinco pontos fixos de vacinação contra a Covid-19, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h: Ginásio Internacional Newton de Faria, CMTT e unidades de saúde da Vila União, Vila Norte e Filostro Machado.

Continue Reading

Anápolis

Pontos fixos de vacinação estão com baixa procura de idosos cadastrados

Published

on

Ginásio Internacional Newton de Faria, CMTT e as unidades de saúde da Vila União, Vila Norte e Filostro Machado funcionam como local de imunização permanente de segunda a sexta, das 8h às 16h

DA REDAÇÃO

Empenhada em agilizar a imunização de idosos a partir de 80 anos que já estão cadastrados pelo Zap da Vacina, tanto na primeira dose quanto na segunda (para os que já estão no período de fazer o reforço, conforme indicado no cartão de vacinas), a Prefeitura de Anápolis alerta para a baixa procura nos cinco pontos fixos da cidade, reforçando o chamado para os grupos da faixa etária liberada para a vacinação. Os pontos fixos são as unidades de saúde da Vila União, Vila Norte e Filostro Machado; CMTT; e Ginásio Internacional Newton de Faria, e o funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 16h.

“Para saber a data correta, é necessário identificar o dia da primeira dose e a data limite, que consta do cartão de vacinas. É importante também avisar que idosos não acamados que não foram vacinados em domicílio devem procurar os pontos fixos para aplicação da segunda dose”, frisa a diretora de Vigilância em Saúde, Mirlene Garcia. Ela explica que a partir de 14 dias da primeira dose a pessoa já pode receber a segunda.

Por exemplo, quem recebeu a vacina no drive-thru em 31 de janeiro pode tomar a segunda dose a partir do dia 14 de fevereiro até o dia 28 de fevereiro, preferencialmente. O mesmo acontece com quem foi imunizado nas outras ações de drive-thru: do dia 07 de fevereiro, deve receber entre 21 de fevereiro a 07 de março; e do dia 15 de fevereiro, de 1º de março a 15 de março.

Continue Reading

Anápolis

Cai volume de reclamações sobre transporte coletivo de Anápolis

Published

on

Efeito ocorre após propostas construídas em reunião entre representantes da CMTT, Vigilância Sanitária, Polícia Militar e Urban

DA REDAÇÃO

Um fiscal da Secretaria de Trânsito, Transportes e Serviços Urbanos (CMTT), de segunda a sexta-feira, ininterruptamente, dentro do terminal da Urban; Fiscais em locais pontuais e estratégicos distribuídos no Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA); Notificação de pontos de gargalos, com elevação do número de ônibus nessas rotas. Essas foram algumas das ações implementadas, e que já surtiram efeito, após reunião que ocorreu na última sexta-feira, 19, entre representantes de diversas esferas em busca de melhorar a prevenção da Covid-19 no sistema de transporte coletivo do município.

O gerente municipal de Vigilância Sanitária, Gúbio Dias Pereira, garante que é notória a redução de reclamações recebidas no órgão em relação ao número de usuário do transporte coletivo e à sanitização dos ônibus. “Ainda não temos esse dado traduzido em números. É algo empírico que observamos facilmente ao longo dos últimos dias”, revela.

O diretor de Trânsito, Transportes e Educação, Igor Lino Siqueira, explica que, inicialmente, foram observados alguns gargalos que, logo corrigidos, já foram suficientes para equalizar o número de transporte de passageiros de acordo com o decreto estadual (máximo de passageiros deve ser igual ou inferior à capacidade máxima de assentos). “Aumentamos o número de carros na Vila Jaiara, Avenida Pedro Ludovico, Recanto do Sol e ainda três veículos para o Daia”, explica. O cidadão pode contribuir com a fiscalização através do WhatsApp (62) 98596-5564, voltado para o atendimento a usuários do transporte coletivo.

Continue Reading

Destaque