Connect with us

Anápolis

Rádio Imprensa Madureira 104,9 FM recebe a outorga definitiva do Ministério das Comunicações

Published

on

Em evento histórico, a emissora obteve, na tarde de quarta-feira, 09 de novembro, o documento final de credenciamento na grade de emissoras de rádio do Brasil

Por Nilton Pereira

Foi um espera de mais de 12 anos. Mas, finalmente, o Ministério das Comunicações liberou o documento definitivo que efetiva a Rádio Imprensa Madureira 104,9 FM como integrante oficial do rol de emissoras de rádio no Brasil. Desde que foi adquirida do grupo que mantinha o controle acionário da empresa (Grupo Fanstone) começou a tramitação dos documentos de transferência, uma operação demorada, minuciosa e cheia de detalhes. Isto custou anos de pesquisas, levantamentos, comprovação de dados e outros procedimentos exigidos em lei, tendo em vista que os serviços de radiodifusão (rádio e TV) no Brasil são concessões públicas e têm legislação específica.

Comitiva foi à Brasília receber o documento

Mas, de acordo com o Diretor Presidente do Grupo Madureira, Pastor Bertiê Adais Magalhães, todas as formalidades foram cumpridas uma a uma e, hoje, a Rádio Imprensa está, definitivamente, consolidada e com a documentação completa para o funcionamento integral de uma emissora de rádio. Até então, havia uma outorga precária que, mesmo, assim, garantia o funcionamento da Rádio. “Agora, a história é outra”, disse o Pastor Bertiê Adais Magalhães, afirmado que não existe, mais, qualquer possibilidade de uma interrupção no funcionamento da 104,9 FM. Isto abre possiblidade para novos investimentos, novas conquistas e novos horizontes para a Rádio Imprensa 104,9 FM.

Foto do documento que concede a outorga da Rádio

A solenidade

Na solenidade de entrega do documento oficial, feita, pessoalmente, pelo Ministro Fábio Faria, registraram-se as presenças, além da do Pastor Bertiê Adais Magalhães, as do Deputado Federal João Campos (Republicanos) que, durante toda a tramitação deu o suporte logístico para que se efetivasse a outorga; vice-prefeito de Anápolis, Márcio Cândido, que foi funcionário da Rádio Imprensa AM, transformada em 104,9 FM e chegou a dirigi-la administrativamente por vários anos; Pastor Osmar Rodrigues, vice-presidente do Campo Anápolis das Igrejas Assembleia de Deus – Madureira; Pastora Elíude Magalhães, Diretora da Rádio Imprensa; Lídia Magalhães, Diretora Geral da Emissora e Jornalista Nilton Pereira, Gerente de Jornalismo.

Ministro das Comunicações Fábio Faria entrega a outorga ao Pr Bertiê Magalhães

O Ministro das Comunicações, Fábio Faria, durante a solenidade, se declarou satisfeito em fazer a entrega do documento a uma emissora que tem 61 anos ininterruptos de serviços prestados à radiofonia nacional e se colocou à disposição do grupo para qualquer eventualidade. Ele assegurou que o Governo Bolsonaro preza, muito, o Sistema Rádio “que leva a comunicação, em tempo real, a todos os lugares do Planeta Terra”.

Também, na ocasião, o deputado federal João Campos disse da satisfação em participar, diretamente, do processo de concessão e parabenizou a direção da Emissora, na pessoa do Pastor Bertiê Adais Magalhães, pela conquista. Também a Pastora Elíude Magalhães assegurou que a outorga é uma conquista do povo de Anápolis, das famílias e da comunidade cristã em geral.

Em sua fala, o Pastor Bertiê Adais Magalhães afirmou que a solenidade marcou o fim de uma etapa, mas, o começo de outras. Segundo ele, muitos desafios estão pela frente e a Rádio Imprensa, agora, está muito mais preparada para enfrentá-los. O Diretor Presidente do Grupo Madureira assegurou, ainda, que valeu a pena o esforço de mais de uma década e que, agora “é uma nova etapa, um novo caminhar, um tempo para novas conquistas”.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anápolis

Anápolis aplica hoje segunda dose da Coronavac e primeira da Pfizer

Published

on

Foi organizada uma força tarefa para aplicação das doses, que acontece paralelamente

DA REDAÇÃO

Os idosos que estavam ansiosos para receber a segunda dose da Coronavac terão essa oportunidade hoje, sábado (15). A prefeitura recebeu duas remessas da vacina, que totalizam 4.500 doses, destinadas à aplicação da dose reforço da vacina. Mas é preciso ter atenção, apenas idosos que receberam a primeira dose até dia 03 de abril poderão receber a segunda dose hoje. Os demais deverão aguardar a chegada de mais vacinas.

A vacinação acontece das 8h às 16h, exclusivamente para este público, com distribuição de senhas, nos seguintes locais: ginásio da UniEvangélica, Banco de Leite e unidade de saúde Santa Maria de Nazareth, para pedestres; e em sistema drive-thru na CMTT e unidades de saúde do JK, Arco-Íris e Anexo Itamaraty. A vacina para pedestres não será aplicada em pontos de drive-thru, assim como pessoas em veículos não receberão a dose em unidades voltadas para imunizar pedestres. A medida objetiva garantir a organização das filas.

Pfizer

Paralelamente, no sábado e domingo, 15 e 16, no Ginásio Internacional Newton de Faria, das 8h às 16h, acontece a vacinação com o imunizante da Pfizer em gestantes, puérperas e pacientes imunossuprimidos cadastrados no site vacina.anapolis.go.gov.br/cadastrar.

Vacinação

A vacinação continua na semana que vem com doses da AstraZeneca e da Pfizer. Os idosos que precisam tomar a segunda dose da Coronavac deverão esperar a chegada de mais doses dessa vacina ao Estado. O Instituto Butantan afirmou nesta semana que paralisou a produção da Coronavac por falta de insumos, não há previsão da chegada de novos insumos para que o Instituto retome a produção.

Continue Reading

Anápolis

Anápolis recebe remessa maior da Coronavac, agora idosos que se vacinaram até dia 03 de abril podem receber a segunda dose

Published

on

A cidade recebeu duas remessas de Coronavac com diferença de poucas horas e ampliou o quantidade de idosos que poderão receber a segunda dose da vacina

DA REDAÇÃO

Mais idosos terão direito de receber a dose reforço da Coronavac amanhã (15), em Anápolis. É que a Prefeitura recebeu duas remessas da vacina com diferença de poucas horas. À tarde a secretaria de saúde havia informado que só teriam direito de receber a vacina aqueles idosos que vacinaram com a primeira dose até o dia 31 de março. Com a nova remessa de doses recebidas, o quantitativo de Coronavac disponível na cidade aumentou de 3.050 para 4.500. Agora, idosos que se vacinaram até o dia 03 de abril poderão receber a segunda dose neste sábado.

A vacinação acontece das 8h às 16h, exclusivamente para este público, com distribuição de senhas, nos seguintes locais: ginásio da UniEvangélica, Banco de Leite e unidade de saúde Santa Maria de Nazareth, para pedestres; e em sistema drive-thru na CMTT e unidades de saúde do JK, Arco-Íris e Anexo Itamaraty. A vacina para pedestres não será aplicada em pontos de drive-thru, assim como pessoas em veículos não receberão a dose em unidades voltadas para imunizar pedestres. A medida objetiva garantir a organização das filas.

Pfizer

Paralelamente, no sábado e domingo, 15 e 16, no Ginásio Internacional Newton de Faria, das 8h às 16h, acontece a vacinação com o imunizante da Pfizer em gestantes, puérperas e pacientes imunossuprimidos cadastrados no site vacina.anapolis.go.gov.br/cadastrar.

Continue Reading

Anápolis

Empresários discutem com Codego investimentos no Daia

Published

on

Associação dos Empresários do Daia apresentaram demandas do distrito que impedem a instalação de novas empresas no local

DA REDAÇÃO

Em reunião com o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), Renato de Castro, empresários do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) apresentaram demandas para promover melhorias estruturais no Distrito, como a ampliação dos reservatórios de água, reforma na ciclovia e novos retornos, além da construção de um novo acesso ao Distrito pela BR-153. O encontro foi promovido pela Associação das Empresas do Daia (Assedaia).

Um dos principais problemas apontados pelos empresários é a necessidade de reforma e ampliação da Estação de Tratame nto de Esgot o (ETE) e da Estação de Tratamento de Água (ETA), cujas deficiências atuais representam um entrave para as indústrias instaladas no Distrito e suprir a demanda com a chegada de novas empresas.

Sobre esse gargalo, o presidente da Codego afirmou que a ETE está em fase final de licitação e que está discutindo com a Prefeitura de Anápolis intervenções para ampliar a oferta de água, para garantir que o abastecimento não seja interrompido no período de estiagem. Dentre as ações previstas para solucionar o problema estão a construção de uma represa e a recuperação de outra, além da limpeza e desassoreamento das represas já existentes. Renato de Castro lembrou que são problemas estruturais que se arrastam há anos e que a atual gestão tem como meta solucionar.

Sobre o acesso e mobilidade dentro do Distrito, o diretor-administrativo do Daia, Marlon Caiado, disse que o projeto para criação de uma nova entrada para caminhões, via BR-153, já está pronto. Marlon Caiado também contou que o Governo já cedeu terreno para construção da creche, antiga demanda dos trabalhadores locais, e afirmou que a reforma da ciclovia começa nos próximos dias. Outra mudança importante no Daia é a instalação de um Posto Policial para garantir maior segurança aos trabalhadores.

E O Presidente da Assedaia, Everaldo Fiatkoski pediu também, juntamente com a reforma da ciclovia, melhorias nas calçadas de acesso aos pontos de ônibus. Lembrou também que há demanda de mais empresas para se instalarem no Daia, e que o novo regulamento favorece o melhor aproveitamento das áreas. Sobre isso, Renato de Castro informou que já foram efetuadas mudanças no regulamento para agilizar a cessão de terrenos, mas que antes é preciso resolver problemas estruturais, como a falta de água, para poder ampliar o número de empresas instaladas.

Além dos empresários já instalados no Daia, estiveram presentes representantes de outras empresas que estão aguardando o desenrolar dos trâmites junto à Codego para instalar. Atualmente o Distrito conta com 150 empresas em atividade. Everaldo Fiatkoski avaliou o encontro como muito positivo para que fossem elencadas as prioridades dos empresários e trabalhadores do local e sugeriu que os encontros com a direção da Codego se repetissem mensalmente.

Continue Reading

Destaque