Connect with us

Anápolis

Prefeito Roberto Naves não descarta lockdown em Anápolis

Published

on

Fala do prefeito foi durante a reunião de prestação de contas, por videoconferência, para a Câmara de Vereadores

Por Priscila Marçal

Hoje (26), na sessão remota de prestação de contas na Câmara Municipal, o prefeito Roberto Naves falou abertamente sobre a situação da Covid-19 em Anápolis. “O momento que estamos passando é muito sério e requer cuidado total por parte de todos. Não brinquem com isto e vamos ter consciência do poder deste inimigo que estamos enfrentando”, disse o prefeito.

A fala do prefeito foi de alerta para que a população reforce os cuidados para evitar o contágio pelo novo coronavírus, já que a taxa de ocupação de leitos de UTI no município já chega a 80%. Segundo o prefeito, se este índice aumentar para 90% a cidade será fechada. “Irá funcionar apenas serviços essenciais e de saúde, vamos fechar a cidade”, disse.

Taxa de ocupação de leitos de UTI em Anápolis nesta sexta-feira (26)

O prefeito falou sobre as medidas que vem sendo tomadas para evitar o colapso no sistema de saúde, como a abertura de mais leitos de UTI, mas reforçou que isso não é suficiente. “Não é possível abrir muitos leitos porque não temos profissionais para trabalhar nessas unidades. Se o comportamento da população não mudar, qualquer pessoa pode morrer na espera de liberação de um leito para o tratamento”, alertou.

Vacinação

A vacinação contra a Covid-19 na cidade avança. Durante sua declaração hoje, na sessão remota da Câmara, o prefeito também falou que está buscando comprar vacinas com recursos municipais “mas só podemos comprar o que existe!”, explicou o prefeito ao lembrar que há doses disponíveis para compra no mercado.

No próximo domingo (28), haverá vacinação na modalidade drive-thru para idosos cadastrados para receberem a primeira dose, que tenham 75 anos ou mais. Os idosos que já receberam a primeira dose e devem, agora, buscar a segunda dose, também pode comparecer aos pontos de vacinação para serem imunizados. Os pontos fixos de vacinação são: no viaduto da Brasil (cruzamento da Av. Brasil com a Av. Goiás), na CMTT e em quatro pontos fixos de vacinação que estarão abertos: Unidades de saúde da Vila União, Vila Norte e Filostro Machado.

Até o momento, 13.832 pessoas foram vacinadas em Anápolis, entre idosos com idade igual ou superior a 80 anos (1ª e 2ª dose) e profissionais da linha de frente da saúde.

Casos de Covid-19 em Anápolis

Os dados de Anápolis divulgados nesta sexta-feira (26),  apresentam 23.095 infectados desde o início da pandemia e 488 óbitos. Mais uma morte foi acrescentada aos números nesta sexta-feira, trata-se de um homem de 78 anos que faleceu no dia 25.

Dos 23.095 casos confirmados, 20.046 estão curados. Nas últimas 24 horas foram confirmados 128 casos, sendo 75 do sexo feminino, com idade entre 06 e 85 anos, e 53 do sexo masculino de 047 a 91 anos.

Anápolis

Aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19 continua na quinta-feira, 22

Published

on

A distribuição dos postos será feita conforme o imunizante. O horário sempre das 8h às 16h

DA REDAÇÃO

Com mais de 76 mil doses aplicadas, entre primeira e segunda, a vacinação contra a Covid-19 em Anápolis continua na quinta-feira, 22. Nesta quarta-feira, 21, feriado de Tiradentes, não haverá vacinação. Enquanto não chegam mais remessas para primeira dose, a Prefeitura continua a aplicação distribuindo os postos de acordo com o imunizante.

A segunda dose da vacina da Coronavac para idosos e profissionais de saúde será aplicada nos seguintes pontos: Ginásio Internacional Newton de Faria, CMTT, Ginásio da UniEvangélica, Banco de Leite e unidade de saúde do Anexo Itamaraty. Deve procurar um desses locais quem já completou 28 dias da aplicação da primeira dose, conforme consta no cartão de vacinas. O horário é das 8h às 16h.

Já o imunizante da AstraZeneca estará disponível em dois pontos: unidades de saúde do JK e Santa Maria de Nazareth. Podem se imunizar com a primeira dose profissionais de saúde – por categoria, conforme chamamento dos conselhos de classe – e da segurança pública em atividade com idade acima de 35 anos, de acordo com grupos definidos pelas corporações.

Nestes dois pontos também será aplicada a segunda dose da AstraZeneca em profissionais de saúde que receberam o imunizante há mais de oito semanas, de acordo com o cartão de vacinação.

Continue Reading

Anápolis

Diretor Industrial da Caoa visita a Rádio Imprensa

Published

on

Eugênio Cesare fala que “a prioridade nas próximas contratações da Caoa será para os que concluírem o Programa Caoa Capacita Comunidade.”

Nesta terça-feira (20), a Rádio Imprensa recebeu ao vivo nos estúdios, o diretor industrial da Caoa Montadora, sr. Eugênio Cesare e a diretora da Faculdade de Tecnologia SENAI Roberto Mange, Misclay Marjorie, para falar sobre uma parceria de sucesso, o Programa Caoa Capacita Comunidade.

Ao falar sobre a parceria da Montadora Caoa com o SENAI, o diretor industrial, disse que, “a Caoa acredita no Brasil, acredita em Goiás e acredita em Anápolis. Os produtos fabricados aqui têm boa aceitação no mercado. Neste mês de abril, a Caoa completa 14 anos de operação no município, e isso é motivo de muito orgulho para a empresa.”

“A Caoa é uma empresa madura, com boa visibilidade nacional e imagem de qualidade dos produtos fabricados pelos anapolinos, e sempre busca o melhor para o futuro em termos de produto, qualidade e tecnologia nos seus processos. Os nossos clientes são pessoas, os nossos empregados são pessoas, então o nosso principal patrimônio são as pessoas”, completou Eugênio Cesare.

“Os cursos ofertados foram preparados em conjunto com os engenheiros do SENAI e da Caoa, e darão habilidades e competências para a execução  dentro da montadora ou em qualquer outra indústria automobilística”, informou a diretora do SENAI. Os cursos ofertados são: Logística na Indústria Automotiva, Preparação de Superfícies Automotivas, Montagem de Veículo Solda a Ponto e Montagem Automotiva.

Os cursos são gratuitos, e tem apenas dois pré-requisitos para os interessados: idade mínima de 18 anos e ensino médio completo. A inscrição é virtual pelo site do SENAI, através do QR Code ou do link https://senaigoias.com.br/eadcursos/senai/curso/16919/programa-de-capacitacao-caoa-capacita-a-comunidade e todos os dados devem ser preenchidos até finalizar a inscrição.

“As matrículas estarão abertas, e a duração dos cursos é de 60 horas, no período noturno, no horário das 19h00 às 22h00. A modalidade ensino à distância (EAD), com aulas ao vivo, teóricas e práticas, linkadas diretamente nos laboratórios do SENAI com os equipamentos utilizados pela Caoa”, concluiu a diretora do Senai, Misclay Marjorie.

Ainda, segundo o diretor, existe uma lacuna no mercado de trabalho, muitos não participam de processos seletivos, por não terem experiência em indústria ou empresas de grande porte, e às vezes se sentem despreparados para esses desafios. O Programa Caoa Capacita a Comunidade promove novas expectativas para o mercado de trabalho, disponibilizando cada vez mais mão de obra qualificada.

Continue Reading

Anápolis

Segunda dose marcada para o dia 21 de abril estará disponível nesta terça – feira, 20

Published

on

DA REDAÇÃO

Quem precisa receber o reforço do imunizante deve procurar a unidade do Anexo Itamaraty, Ginásio Internacional Newton de Faria, CMTT ou Ginásio da UniEvangélica

A Prefeitura de Anápolis chama os idosos cuja data de aplicação da segunda dose seria nesta quarta-feira, 21 – feriado de Tiradentes – para procurarem nesta terça-feira, 20, das 8h às 16h, um dos quatro postos para receber a vacina. São eles: unidade do Anexo Itamaraty, Ginásio Internacional Newton de Faria, CMTT e Ginásio da UniEvangélica.

A vacinação continua para profissionais de saúde que precisam receber a segunda dose. Já a primeira dose está disponível para profissionais da saúde – por categoria, conforme chamamento dos conselhos de classe – e da segurança pública em atividade com idade acima de 35 anos, de acordo com grupos definidos pelas corporações. Essas doses fazem parte da remessa que veio do Estado destinada exclusivamente a estes grupos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a pessoa que teve a doença deve aguardar no mínimo 30 dias para receber a vacina e pacientes que usam medicamentos imunossupressores, em tratamento oncológico ou de hemodiálise, precisam ter autorização médica para tomar a dose.

Continue Reading

Destaque