Connect with us

Anápolis

O Natal precisa incluir Jesus

Published

on

Comemoramos o Natal porque desejamos separar um dia especial no ano para cantar hosanas nas alturas ao Rei que vem em nome do Senhor

Por Pr. Edilson Marçal

Pastor da Igreja Presbiteriana Renovada do Bairro de Lourdes

A comemoração do Natal deveria ser uma festa de gratidão a Deus por ter nos enviado seu filho unigênito (Jo 3.16). No entanto, basta assistir alguns filmes natalinos, que estão disponíveis aos montes nos provedores de streaming para perceber que o Natal que se comemora não inclui Jesus. Podemos assistir dezenas de filmes e veremos personagens como Papai Noel, duendes, fadas, elfos e uma séria de outros seres mágicos, mas não veremos Jesus. Isso acontece porque o Natal dos filmes e shopping centers não inclui Jesus, não tem base nas Escrituras. É uma festa pagã, que inclui personagens do mundo pagão, com finalidades comerciais. Tem como objetivo motivar o consumismo, não de lembrar o nascimento do Filho de Deus.

Os símbolos natalinos citados acima são tirados de tradições europeias e norte-americanas, de lendas e tradições pagãs que foram adaptadas para o cristianismo. Na verdade, o que se vê nos filmes e histórias sobre o Natal não tem qualquer ligação com as Escrituras. Símbolos como manjedoura, estrela, presépios poderiam ser ligados à história bíblica, os demais não fazer qualquer sentido. No entanto, o Natal é a festa que mais movimenta o comércio. Assim, em nome dos lucros, deixa-se de lado a verdadeira história em torno do nascimento de Jesus.

Então, por que comemoramos o Natal? Pensando na festa pagã, alguns cristãos piedosos acabam deixando de comemorar algo que deve nos alegrar profundamente: Jesus nasceu para nos trazer esperança, como demonstração da boa vontade de Deus para com os homens. Ver o que fizeram com o Natal nos enche de tristeza. Principalmente ver como as pessoas fazem festa, comem, bebem e nem mesmo citam Jesus.

Não temos certeza de que Jesus nasceu no dia 25 de dezembro. E com certeza não havia neve, nem trenós puxados por renas, nem fábrica de presentes no Polo Norte. Mas recebemos de Deus um grande presente: ele nos enviou seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Comemoramos o Natal porque desejamos separar um dia especial no ano para cantar hosanas nas alturas ao Rei que vem em nome do Senhor.

Nosso Natal é comemorado todos os dias, quando reconhecemos Jesus como a expressão máxima da graça de Deus. Quando amamos o próximo como a nós mesmos e a Deus sobre todas as coisas. Quando doamos a outros um pouco daquilo que Deus nos concedeu. Nosso Natal precisa incluir Jesus.

Continue Reading
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anápolis

Comércio em Anápolis não deverá abrir neste sábado e domingo

Published

on

Orientação faz parte das novas medidas adotadas segundo o protocolo de risco de colapso do sistema de saúde

DA REDAÇÃO

Segundo as normas da matriz de risco moderado do protocolo de segurança de Anápolis, o comércio na cidade não deverá abrir no sábado e no domingo. A medida vale, também, para os shoppings da cidade. A autorização para funcionamento é apenas para os serviços essenciais como supermercados, farmácias e serviços de saúde.

Os restaurantes (tanto de rua, como dos shoppings) podem funcionar no sistema delivery.

As medidas fazem parte do novo protocolo da Matriz de Risco do colapso do sistema de saúde elaborado e atualizado pela Vigilância Sanitária de Anápolis. O objetivo é frear o contágio pelo novo coronavírus.

Continue Reading

Anápolis

Prefeito Roberto Naves não descarta lockdown em Anápolis

Published

on

Fala do prefeito foi durante a reunião de prestação de contas, por videoconferência, para a Câmara de Vereadores

Por Priscila Marçal

Hoje (26), na sessão remota de prestação de contas na Câmara Municipal, o prefeito Roberto Naves falou abertamente sobre a situação da Covid-19 em Anápolis. “O momento que estamos passando é muito sério e requer cuidado total por parte de todos. Não brinquem com isto e vamos ter consciência do poder deste inimigo que estamos enfrentando”, disse o prefeito.

A fala do prefeito foi de alerta para que a população reforce os cuidados para evitar o contágio pelo novo coronavírus, já que a taxa de ocupação de leitos de UTI no município já chega a 80%. Segundo o prefeito, se este índice aumentar para 90% a cidade será fechada. “Irá funcionar apenas serviços essenciais e de saúde, vamos fechar a cidade”, disse.

Taxa de ocupação de leitos de UTI em Anápolis nesta sexta-feira (26)

O prefeito falou sobre as medidas que vem sendo tomadas para evitar o colapso no sistema de saúde, como a abertura de mais leitos de UTI, mas reforçou que isso não é suficiente. “Não é possível abrir muitos leitos porque não temos profissionais para trabalhar nessas unidades. Se o comportamento da população não mudar, qualquer pessoa pode morrer na espera de liberação de um leito para o tratamento”, alertou.

Vacinação

A vacinação contra a Covid-19 na cidade avança. Durante sua declaração hoje, na sessão remota da Câmara, o prefeito também falou que está buscando comprar vacinas com recursos municipais “mas só podemos comprar o que existe!”, explicou o prefeito ao lembrar que há doses disponíveis para compra no mercado.

No próximo domingo (28), haverá vacinação na modalidade drive-thru para idosos cadastrados para receberem a primeira dose, que tenham 75 anos ou mais. Os idosos que já receberam a primeira dose e devem, agora, buscar a segunda dose, também pode comparecer aos pontos de vacinação para serem imunizados. Os pontos fixos de vacinação são: no viaduto da Brasil (cruzamento da Av. Brasil com a Av. Goiás), na CMTT e em quatro pontos fixos de vacinação que estarão abertos: Unidades de saúde da Vila União, Vila Norte e Filostro Machado.

Até o momento, 13.832 pessoas foram vacinadas em Anápolis, entre idosos com idade igual ou superior a 80 anos (1ª e 2ª dose) e profissionais da linha de frente da saúde.

Casos de Covid-19 em Anápolis

Os dados de Anápolis divulgados nesta sexta-feira (26),  apresentam 23.095 infectados desde o início da pandemia e 488 óbitos. Mais uma morte foi acrescentada aos números nesta sexta-feira, trata-se de um homem de 78 anos que faleceu no dia 25.

Dos 23.095 casos confirmados, 20.046 estão curados. Nas últimas 24 horas foram confirmados 128 casos, sendo 75 do sexo feminino, com idade entre 06 e 85 anos, e 53 do sexo masculino de 047 a 91 anos.

Continue Reading

Anápolis

Vigilância Sanitária notifica Urban por descumprir protocolos de prevenção à Covid-19

Published

on

Número de passageiros acima do permitido e falta do uso de máscara estão entre as irregularidades verificadas; empresa terá que apresentar defesa

DA REDAÇÃO

A Vigilância Sanitária de Anápolis notificou nesta sexta-feira, 26, a empresa Urban, que presta serviço de transporte coletivo na cidade, por descumprir parte das normas da matriz de risco moderado do protocolo de segurança para o segmento de transportes, tais como: exceder o número de passageiros sentados por veículo a cada viagem, permitir a entrada de passageiros sem o uso de máscaras e falhas no processo de sanitização dos ônibus ao longo do dia. A empresa agora precisará apresentar defesa jurídica e, a depender da fundamentação apresentada, pode ser multada ou ter suas atividades suspensas.

As irregularidades foram registradas de ontem para hoje em dois pontos distintos da cidade. Na quinta-feira, entre as 17 horas e 18 horas, profissionais da CMTT, Vigilância Sanitária e Polícia Militar (PM) detectaram, em três linhas que realizam a rota do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), número de passageiros acima do preconizado no protocolo (número igual ou inferior à quantidade de número de assentos disponibilizados por veículo). Na ocasião, houve orientação para distribuir os passageiros em outro ônibus.

Já na sexta-feira, no Terminal Urbano de Anápolis, os fiscais observaram falhas no processo de sanitização dos ônibus, conforme reforçado em reunião ocorrida no último dia 19, na qual ficou determinada que os ônibus devem ser sanitizados a cada viagem. Os fiscais da Vigilância Sanitária reforçaram também a necessidade de que motorista e demais funcionários da empresa sejam orientados a seguirem as regras do protocolo do nível moderado da matriz de risco.

Continue Reading

Destaque