Connect with us

Goiás

Fundo vai liberar R$ 60 milhões para micro e pequenas empresas

Published

on

Fundeq será gerido pela GoiásFomento e Secretaria da Retomada. Conselho definirá política de concessão de empréstimos

DA REDAÇÃO

O plenário da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) aprovou, em segunda votação, por 28 votos a favor e nenhum contrário, o Projeto de Lei n° 5652/2020, de autoria da Governadoria, que cria o Fundo de Equalização para o Empreendedor (Fundeq). A proposta, aprovada na semana passada, institui um fundo público com o objetivo de garantir recursos para a concessão de subsídio ao pagamento de encargos a quem fizer empréstimos na Agência de Fomento de Goiás (GoiásFomento).

Na prática, o Fundeq tem como objetivos específicos democratizar, fomentar, socializar e aumentar a competitividade das atividades desenvolvidas por trabalhadores autônomos, microempreendedores individuais, microempresas, empresas de pequeno porte, produtores rurais e outras atividades ligadas ao agronegócio.

Para o secretário da Retomada, César Moura, a criação do fundo de equalização atende ao pedido feito pelos microempreendedores individuais, dos artesãos e de outros profissionais da economia criativa. “Vamos conseguir reduzir no mínimo 50% do custo financeiro das operações de crédito das micro e pequenas empresas. Junto com a GoiásFomento, criaremos linhas de apoio aos vários segmentos para apoiar o desenvolvimento, inclusive com redução de juros”, explica.

Na justificativa do projeto de lei, o governador Ronaldo Caiado afirma que “a criação desse fundo possibilitará a ampliação da concessão de financiamentos produtivos, na atual crise econômica decorrente da pandemia de Covid-19, que afeta o fluxo de caixa das empresas e impossibilita novos investimentos”.

Os micro e pequenos empresários serão os maiores beneficiados pelo novo fundo, como destaca César Moura. “Este projeto é uma vitória de quem mais foi afetado pela pandemia, como os micro e pequenos empreendedores e os profissionais ligados à economia criativa. O governador Ronaldo Caiado mais uma vez sai na frente com a criação deste fundo de equalização. Vamos poder apoiar, em 2021, mais de R$ 60 milhões em empréstimos para as micro e pequenas empresas e economia criativa, onde está incluso por exemplo, o artesanato”, comemora o titular da Retomada.

Caiado também justifica a criação do Fundo de Equalização como política mais eficiente de concessão de subsídios sob a forma de equalização de encargos financeiros. “Nesse contexto, a criação do Fundeq compatibiliza-se com as demais ações viabilizadoras de acesso ao crédito, implementadas pelo Estado de Goiás”, declara o governador na proposta do projeto.

Fonte de recursos

A criação do Fundeq não vai onerar as contas públicas, já que os recursos sairão dos resultados alcançados das atividades de fomento empreendidas pela GoiásFomento.

Pelo texto aprovado pelos deputados, os recursos do Fundeq serão provenientes de transferências de fundos públicos para o cumprimento de seus objetivos, de instituições governamentais e não governamentais, nacionais e internacionais, participantes de projetos de parceria com a Goiás Fomento ou órgãos da administração direta e indireta do Estado de Goiás. Outras fontes serão as doações de qualquer natureza de pessoas físicas ou jurídicas, públicas ou privadas, bem como os valores resultantes dos rendimentos de aplicações financeiras e de saldos não aplicados.

A gestão do Fundeq será exercida pela GoiásFomento, que também terá a função de agente financeiro. A Secretaria da Retomada ficará responsável pela criação do Conselho Deliberativo do Fundo de Equalização para o Empreendedor. O conselho deverá decidir sobre a política de concessão dos benefícios do Fundeq, e será formado pelos titulares da Secretaria da Retomada, de Indústria, Comércio e Serviços, de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, além do presidente da GoiásFomento.

Fonte: www.goias.gov.br

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Goiás

Campanha Aquecendo Vidas começa distribuir cobertores

Published

on

Iniciativa vai distribuir ao todo mais de 40 mil cobertores a pessoas vulneráveis em todos os 246 municípios goianos. Ação será nesta sexta-feira (14/05), a partir das 17h30, na Praça Joaquim Lúcio, em Campinas, na capital

DA REDAÇÃO

Para complementar as doações da Campanha Aquecendo Vidas, a OVG e o Gabinete de Políticas Sociais estão arrecadando cobertores e agasalhos novos e usados em bom estado de conservação, até o dia 31 de maio

O Governo Estadual, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), doará nesta sexta-feira (14/05), a partir das 17h30, 140 cobertores para pessoas em situação de rua, em Goiânia, além de frutas do Banco de Alimentos.  A ação terá início na Praça Joaquim Lúcio, em Campinas, e se estenderá para outros pontos da capital.

A entrega faz parte da Campanha Aquecendo Vidas 2021, que tem o objetivo de destinar cobertores e agasalhos a famílias vulneráveis, pessoas em situação de rua e entidades sociais cadastradas na Organização.

A OVG comprou, com recursos do Governo de Goiás, 40 mil cobertores para distribuir nos 246 municípios goianos. A instituição está organizando o cronograma de entrega para as prefeituras, que virão buscar as doações em Goiânia e repassar para as famílias em situação de vulnerabilidade em seus municípios.

Arrecadação


Para complementar as doações da Campanha Aquecendo Vidas, a OVG e o Gabinete de Políticas Sociais estão arrecadando cobertores e agasalhos novos e usados em bom estado de conservação, até o dia 31 de maio.

Neste ano, as doações poderão ser entregues em nove pontos diferentes, inclusive três locais funcionarão em formato drive-thru. Antes de serem distribuídas, todas as peças serão higienizadas e embaladas individualmente pela OVG.

Pontos de arrecadação de cobertores:


•    OVG – Rua T-14, Setor Bueno
•    Palácio Pedro Ludovico Teixeira – Rua 82, 400, Centro (drive-thru)
•    Corpo de Bombeiros – Avenida C-206 ccom C-198 – Jardim América (drive-thru)
•    Detran – Avenida Engenheiro Atílio Correia Lima – Cidade Jardim
•    Saneago – Avenida Fued José Sebba, 1245 – Jardim Goiás
•    Shopping Bougainville (estacionamento) – Rua 9, 1855 – Setor Marista (drive-thru)
•    Shopping Cerrado – Avenida Anhanguera, 10.790 – Setor Aeroviário
•    Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás (Acieg) – Rua 14, 50, Setor Oeste
•    Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) – Rua 259, Setor Universitário

Serviço


Assunto: Governo de Goiás começa distribuição de cobertores da Campanha Aquecendo Vidas 2021
Quando: Sexta-feira (14/05), às 17h30
Onde: Praça Joaquim Lúcio, Campinas (ponto de partida), Goiânia (GO)

Continue Reading

Goiás

Goiás recebe 34 mil doses da CoronaVac, a 2ª remessa em apenas um dia

Published

on

Lote chegou, na manhã desta sexta-feira (14/05), no Aeroporto Internacional de Goiânia. Estado ultrapassa 2,2 milhões de imunizantes recebidos pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde (MS)

DA REDAÇÃO

Volume deve ser utilizado, prioritariamente, para a segunda dose. Poucas horas antes, ainda na madrugada desta sexta-feira (14), outra leva, com 131.850 vacinas, sendo 69.600 da CoronaVac e o restante, 62.250, da AstraZeneca, havia aterrissado no Aeroporto Internacional de Goiânia (Fotos: Wesley Costa)

O Estado de Goiás recebeu, na manhã desta sexta-feira (14/05), mais uma remessa de imunizantes contra a Covid-19, a segunda no mesmo dia. O montante, 34 mil doses, é da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan.

Poucas horas antes, na madrugada desta sexta-feira (14/05), outra leva, com 131.850 vacinas, sendo 69.600 da CoronaVac e o restante, 62.250, da AstraZeneca, havia aterrissado no Aeroporto Internacional de Goiânia.

“As doses da CoronaVac vão ser utilizadas, principalmente, para que os municípios regularizem a segunda aplicação, o restante como primeira dose”, diz a superintendente de Vigilância em Saúde de Goiás, Flúvia Amorim, que acompanhou a chegada dos imunizantes. 

Para a AstraZeneca, a orientação do Ministério da Saúde é guardar para a segunda dose. Não serão distribuídas neste momento, mas na medida em que avançar a vacinação nos municípios, explica Flúvia Amorim.

As doses foram encaminhadas a Central Estadual de Rede de Frio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-GO) para conferência. Em seguida, seguem para as 18 Regionais de Saúde de Goiás, para que sejam enviadas a todos os 246 municípios goianos.

Números

O mais recente levantamento feito pela SES-GO, atualizado às 15h desta quinta-feira (13/05), mostra que o Estado já aplicou 1.104.663 vacinas referentes à primeira dose e 557.580 de segunda dose. Em relação aos imunizantes encaminhados, Goiás já recebeu 2.269.270 vacinas, sendo 1.255.280 da Coronavac, 959 mil da AstraZeneca e 54.990 da Pfizer/BioNTech.

Continue Reading

Goiás

Estado recebeu mais 131.850 vacinas contra Covid-19

Published

on

São 69.600 doses da CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan, e 62.250 da AstraZeneca, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

DA REDAÇÃO

O Governo de Goiás recebeu na madrugada desta sexta-feira (14/05) uma remessa de 131.850 vacinas contra a Covid-19. Destas, 69.600 são da CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan, e 62.250 da AstraZeneca, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Após desembarque no Aeroporto Internacional Santa Genoveva à 00h10, as doses seguiram para a Central Estadual de Rede de Frio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), onde foram recebidas pelo governador Ronaldo Caiado.

Conforme orientação do Ministério da Saúde, as vacinas da AstraZeneca deverão ser reservadas para aplicação do reforço em pessoas imunizadas. Já os imunizantes do Butantan serão usados para possível ajuste do esquema vacinal de pessoas que ainda não receberam a segunda dose em alguns municípios. Além disso, para aquelas cidades que a situação da CoronaVac para reforço está regular, será permitido utilizar os imunizantes para avanço na campanha de vacinação. Para isso, os gestores municipais deverão reservar as duas doses, garantindo que o cronograma de imunização dos cidadãos seja completo.

Após conferência da quantidade de imunizantes enviada pelo Ministério da Saúde, o Estado inicia a distribuição das vacinas para todas as 18 Regionais de Saúde. Depois desta etapa, os imunobiológicos serão repassados aos 246 municípios para que as prefeituras continuem com a execução da campanha em seus territórios. Com esse novo carregamento, Goiás atinge a marca de 2.401.120 de doses já recebidas desde o início da campanha, em janeiro deste ano.

Continue Reading

Destaque