Connect with us

Policial

Dois são presos por venda ilegal de vacinas

Published

on

Polícia investiga de onde imunizantes foram desviados. Apreendidas 20 ampolas, o equivalente a 200 doses da CoronaVac.

DA REDAÇÃO

A Polícia Civil apura a venda ilegal de vacinas contra a Covid-19 no Estado de Goiás. A investigação foi iniciada na quarta-feira (7/04), após a prisão de uma pessoa, em Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia. Ele foi flagrado comercializando os imunizantes de forma clandestina. Com o homem, foram apreendidas 20 ampolas, o equivalente a 200 doses da vacina. Além dele, outro suspeito de participar do crime, foi detido horas depois, na capital.

O secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, informou que uma perícia está sendo realizada, entre as forças policiais e a Secretaria de Estado da Saúde, para identificar a origem dos imunizantes. As informações iniciais apontam que os produtos vendidos ilegalmente sejam provenientes de um lote de 64 mil doses da CoronaVac, distribuído para o Centro-Oeste no último sábado (3/04), pelo Ministério da Saúde. “Tudo indica, pela numeração, que seja um lote que veio destinado a Goiás e Distrito Federal. Nenhuma possibilidade vai ser descartada até se chegar ao fim desse crime absurdo”, pontuou.

O chefe da SSP-GO, que coordena o trabalho de apuração, se reuniu, na manhã desta quinta-feira (8/04), com as equipes, para saber o andamento da investigação. “Estamos acompanhando o trabalho de auditoria que está sendo feito pela Secretaria de Saúde do Estado, que já entrou em contato também com a Secretaria de Saúde do DF, para fazer o mesmo procedimento, para que a gente identifique para onde foi esse lote. Em cima disso, vai ficar mais fácil desvendar esse crime”, destacou.

De acordo com Rodney Miranda, outro foco da investigação neste momento é descobrir os responsáveis por furtar ou desviar as vacinas. “No conteúdo dos celulares [dos presos] nós temos a indicação de algumas contas bancárias e que houve transferência de recursos tanto para o indivíduo que foi detido com as vacinas, quanto deste para outras pessoas. Então, devemos chegar a quem fez o desvio nas próximas horas”, disse.

O secretário descartou a possibilidade de que as doses tenham sido desviadas do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). A suspeita teve início após depoimento de um dos presos. “Nós verificamos e não há condição, até porque não há vacina disponível nesse hospital e nem nos outros hospitais. As vacinas estão chegando e indo direto para os postos de vacinação, espalhados pelos municípios”, ressaltou.

Ainda segundo o titular da pasta de Segurança Pública, todas as pessoas que possam estar envolvidos no crime serão identificadas e punidas de maneira severa. “Quem desviou ou furtou, quem fez a intermediação e quem recebeu também, quem pagou para ser imunizado, furando o Plano Nacional de Imunização. São três condutas criminosas gravíssimas e quem tiver participado vai ser apontado pela polícia e responder na justiça”, completou.

Flagrante

O caso passou a ser apurado após denúncia recebida pelo 27º Batalhão da Polícia Militar, em Senador Canedo. Após troca de informações com a Guarda Civil, os policiais chegaram até um suspeito que comercializada as vacinas em frente a um supermercado da cidade. No momento do flagrante, o homem estava com ampolas do imunizante acondicionadas em uma vasilha com gelo.

Aos policiais, o suspeito indicou uma residência onde estariam outras doses. “Chegando ao local, Guarda Civil e Polícia Militar conseguiram encontrar mais 17 ampolas, da mesma vacina, dentro da geladeira. Questionado, ele falou que recebia de uma pessoa e que era o responsável apenas pela comercialização do produto, pelo valor de R$ 450,00 cada ampola. Ele oferecia o produto pelas redes sociais”, informou o tenente da PM, Breno Alves.

Em depoimento, o preso, de 28 anos, confessou já ter vendido um primeiro lote inteiro da vacina. O homem já possuía antecedentes criminais por roubo e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Senador Canedo. Ele deverá responder em inquérito policial pelo crime de receptação.

Um segundo suspeito, apontado por ele, foi localizado e detido pelas forças policiais em um apartamento da Avenida T-9, em Goiânia, na madrugada desta quinta-feira. O caso segue sendo apurado.

Policial

Durante final de semana PRF atendeu 16 acidentes

Published

on

Neste final de semana a PRF atendeu 16 acidentes que deixaram 12 pessoas feridas e duas mortes  nas rodovias federais que cortam o estado de Goiás.

DA REDAÇÃO

O esforço de fiscalização para garantir a mobilidade e a segurança viária resultou em 367 autuações de infrações de trânsito, sendo que dessas anotações, 36 foram flagrantes de condutores ou passageiros que não usavam o cinto de segurança, 46 de condutores realizando ultrapassagens em locais proibidos e 14 por embriaguez.

Os PRFs fiscalizaram 3.197 veículos e 2.709 pessoas que transitaram pelas rodovias federais goianas. Houve o registro de nove ocorrências policiais que resultaram na prisão de oito pessoas por cometerem crimes diversos.

Continue Reading

Policial

PRF e Polícia Civil desarticulam organização criminosa especializada no roubo de veículos de carga

Published

on

Duas mulheres e três homens foram detidos por roubo, sequestro, porte ilegal de arma e organização criminosa.

DA REDAÇÃO

Em uma ação integrada na noite de sexta (15), PRF e Polícia Civil, prenderam cinco integrantes de uma quadrilha especializada em roubos de veículos de carga na região de Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia. Duas mulheres e três homens foram detidos por roubo, sequestro, porte ilegal de arma e organização criminosa.

Tudo começou quando policiais civis da delegacia de Anápolis receberam duas denúncias simultâneas de motoristas de caminhão que foram vítimas de roubo mediante ameaça armada seguida de sequestro. As vítimas relataram o mesmo modo de agir dos criminosos: atraíam os motoristas simulando que gostariam de contratar um frete e após chegarem ao local combinado para o carregamento dos caminhões, eram abordados por um homem e uma mulher que os ameaçava com um revólver, tomavam o veículo e levavam as vítimas para um cativeiro.

As duas vítimas relataram ter ficado de terça até a noite da última quarta-feira (14) sob a mira dos comparsas no cativeiro enquanto o grupo levava os caminhões para fora do estado. Enquanto prestavam a queixa na polícia civil, relataram que uma terceira vítima ainda estava em cárcere privado no cativeiro.

Policiais rodoviários federais e policiais civis desencadearam uma operação que conseguiu resgatar a vítima e prender quatro integrantes do grupo criminoso no local do cativeiro. Na cidade de Aparecida de Goiânia, a polícia prendeu uma mulher também envolvida nos crimes.

Um revólver utilizado pela quadrilha, um carro de luxo e outros objetos foram apreendidos. Os presos foram encaminhados à polícia civil de Anápolis, onde as investigações serão realizadas.

Continue Reading

Policial

Durante o final de semana a PRF atendeu 17 acidentes

Published

on

Acidentes que deixaram 23 pessoas feridas e uma morte nas rodovias federais que cortam o estado de Goiás.

DA REDAÇÃO

O esforço de fiscalização para garantir a mobilidade e a segurança viária resultou em 360 autuações de infrações de trânsito, sendo que dessas anotações, 40 foram flagrantes de condutores ou passageiros que não usavam o cinto de segurança, 56 de condutores realizando ultrapassagens em locais proibidos e 16 por embriaguez.

Os PRFs fiscalizaram 2.303 veículos e 1.990 pessoas que transitaram pelas rodovias federais goianas.

Houve o registro de 33 ocorrências policiais que resultaram na prisão de 11 pessoas por cometerem crimes diversos.

Continue Reading

Destaque