Connect with us

Anápolis

Anápolis foi a cidade do Centro-Oeste que mais gerou empregos em 2020

Published

on

Segundo dados do Caged, o município ficou na 11ª posição nacional, à frente de importantes capitais

DA REDAÇÃO

Anápolis é a maior geradora de empregos no estado de Goiás e de toda a região Centro-Oeste do Brasil. Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia, revelam que, no ano de 2020, Anápolis teve saldo positivo de 5.265 novos postos com carteira assinada.

O levantamento mostra ainda que, entre as cidades de todo o país, Anápolis é a 11ª com maior número de empregos gerados, incluindo capitais brasileiras. A indústria foi o setor que mais contratou em Anápolis, com saldo de 3.201 empregos. Em seguida estão construção civil (586), comércio (316), serviços (1.132) e agropecuária (30).

Mesmo com a situação de pandemia, a cidade criou 31,83% mais vagas de trabalho com carteira assinada que o segundo melhor colocado de Goiás, Rio Verde (3.589). Se comparado com o terceiro colocado, o município de Aparecida de Goiânia (2.104), a diferença chega a 60,03%. “Anápolis, por sua vocação industrial e de apoio também ao empreendedorismo, estimula e apoia as iniciativas que possam trazer desenvolvimento econômico para a cidade e também para o estado de Goiás.

A gestão Roberto Naves é focada na eficiência e a geração de emprego e renda é uma das grandes prioridades para enfrentar um cenário de pós-pandemia”, diz o secretário municipal de Indústria, Comércio, Trabalho, Emprego e Renda, Marcos Abrão. Segundo ele, a parceria entre poder público e iniciativa privada é ideal para consolidar Anápolis no topo desse ranking.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Anápolis

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anápolis

“Anápolis se transforma em referência para a América Latina”, diz Caiado durante assinatura de protocolo de intenções para implantação de agência dos Correios no Daia

Published

on

Com 1.100 metros quadrados de área construída, unidade será segunda no país a funcionar dentro de um distrito industrial

DA REDAÇÃO

O governador Ronaldo Caiado assinou, nesta sexta-feira (07/05), protocolo de intenções com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios), para instalação de uma agência dentro do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia). A iniciativa, coordenada pela Secretaria-Geral da Governadoria (SGG), marca o início da primeira etapa de um grande projeto do Governo de Goiás para tornar o município referência nacional no arranjo produtivo e atrair grandes operadores logísticos.

Caiado destacou que Anápolis é o ‘hub’ mais moderno que existe, e com esse apoio dos Correios, “se transforma em referência para o Brasil e toda a América Latina”. O presidente dos Correios, Floriano Peixoto Vieira Neto, reiterou: “Isso não é uma ideia, é um protocolo de certeza”.

“Vocês vão mudar a história da parte de logística no Estado de Goiás, em curto espaço de tempo”, afirmou o governador, ao enaltecer a participação da empresa, referência no País pela competência e metodologia. “Vamos fazer com que a realidade mude, os empregos venham, o desenvolvimento chegue”, destacou. “Queremos que nosso IDH [Índice de Desenvolvimento Humano] aumente cada vez mais, que a renda per capita amplie em um Estado onde o cidadão se sinta tranquilo, com qualidade de vida digna”, completou.

A Agência dos Correios no Daia terá uma estrutura de 1.100 metros quadrados de área construída, com estacionamento de veículos e espaço para carga e descarga de encomendas. A unidade, com foco na pessoa jurídica, ficará dentro do polo logístico. O objetivo do espaço, segundo o presidente dos Correios, Floriano Peixoto Vieira Neto, é oferecer atendimento personalizado aos empresários e reduzir o custo dos clientes. “Nossa agência empresarial já está em obras e vamos inaugurá-la, no máximo, em 60 dias”, calculou.

O presidente dos Correios destacou que o dia é de celebração. “É o início de todo esse projeto que nós pretendemos levar adiante, graças a visão de futuro do nosso governador Caiado, e a convergência de pensamento e esforços que temos feito: Governo de Goiás e Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos”, pontuou. “Anápolis é o coração, é o centro, é o miolo da América Latina e possui todas as condições para prosperar nesse gigantismo logístico que nós pretendemos implementar”, completou o presidente.

O município goiano é o segundo no País a possuir, dentro de um distrito industrial, uma agência dos Correios. A primeira é a unidade de Água Branca, situada em São Paulo (SP). Localizado entre Goiânia e o Distrito Federal, possui a segunda maior economia do Estado e foi escolhido devido a sua vocação logística e localização estratégica no país. Anápolis conta com uma plataforma multilogística que integra a região e o Brasil por meio das redes rodoviária, ferroviária e aeroportuária.

“Além de sermos o coração do Brasil, com toda essa capacidade logística e no que diz respeito a universidades e mão de obra qualificada, maior polo farmoquímico, temos ali um povo ‘danado’, especial”, destacou o prefeito Roberto Naves. Ele salientou que as intenções saíram do papel e se concretizaram com a implantação da agência. O gestor recordou que os anapolinos deram exemplo de solidariedade a todo País, quando receberam os brasileiros que estavam em Wuhan, na China, à época epicentro da pandemia de Covid-19. “Junto com o governo do Estado, nos colocamos à disposição do presidente Bolsonaro, quando todas as demais se acovardaram”, pontuou.

Anápolis está no entroncamento de importantes vetores logísticos nacionais, como o Porto Seco Centro-Oeste, a Ferrovias Centro-Atlântica, Norte-Sul, Aeroporto Internacional de Cargas e as BRs 153 e 060. Outro fator importante é a base industrial consolidada do Daia que possui importantes empresas, que geram emprego, renda e abastecem o mercado nacional e internacional. Somado a esta lista de fatores, o município também foi escolhido por estar a três quartos do mercado consumidor brasileiro, na região Sudeste do Brasil. São apenas 1.200 quilômetros de distância.

Diferencial

O secretário-chefe da Secretaria-Geral da Governadoria (SGG), Adriano da Rocha Lima, destacou que a posição geográfica privilegiada, aliada ao fato de Anápolis reunir três modais (rodoviário, ferroviário e aéreo) em um só lugar, dá ao município condições comparadas a Memphis, nos Estados Unidos que se tornou um grande hub logístico norte-americano. “A instalação da agência dos Correios no Daia é o início da captação de grandes operadores logísticos para a cidade, que conta ainda com o Porto Seco para fazer todo o desembaraço alfandegário das encomendas internacionais”, analisa.

“Nosso trabalho desde o início do governo tem sido construir um Estado pujante, que cresça de forma plena e corresponda às expectativas da população. Para isso é preciso visão governamental de futuro, pois o mundo está mudando muito rápido”, ressaltou o vice-governador, Lincoln Tejota. “Felizmente temos um governador que demonstra, desde o primeiro dia de mandato, estar à frente do seu tempo, com medidas para retomar a capacidade de investimento do Estado”, frisou.

“É mais uma boa notícia para Anápolis, que goza de um grande aparato logístico, agora coroado com esse projeto”, afirmou o deputado Amilton Filho. “Protocolos de intenções, quando são firmados entre pessoas de caráter e vontade política, fazem acontecer em prol do desenvolvimento”, salientou o deputado Coronel Adailton.

O Daia

O Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) conta com uma área de 593 hectares. É limítrofe com as BRs-060 e 153 e com a GO-330, além de ser interligado ao Porto de Santos por um ramal da Ferrovia Centro Atlântica e ser o marco zero da ferrovia Norte-Sul. Conta ainda com o Porto Seco Centro-Oeste, um terminal alfandegado destinado à armazenagem e à movimentação de mercadorias importadas ou destinadas à exportação.

Atualmente, o Daia conta com cerca de 150 empresas em segmentos como artefatos para a indústria de construção, plástico, papel, papelão, indústria de alimentos e automobilística, além de abrigar o segundo maior polo farmoquímico do Brasil.

Também estiveram presentes os secretários José Vitti (Indústria, Comércio e Serviços), Marcio Cesar Pereira (Desenvolvimento e Inovação), César Moura (Retomada); os presidentes Renato de Castro (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás/Codego), Pedro Sales (Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes – Goinfra), Diego de Oliveira Soares (Companhia de Investimento e Parcerias do Estado de Goiás/Goiás Parcerias) e Euclides Barbo Siqueira (Junta Comercial do Estado de Goiás – Juceg).

Ainda o diretor-superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) Goiás, Antônio Carlos de Souza; presidente executivo da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial de Goiás (Adial), Edwal Portilho, o Chequinho; superintendente regional dos Correios em Goiás, Eugênio Montenegro; os diretores dos Correios Alex Nascimento (Negócios) e Carlos Henrique de Lucas (Operações); e o secretário de Indústria e Comércio de Anápolis, Marcos Abrão.

Continue Reading

Anápolis

CoronaVac: Mais 1 milhão de doses são entregues pelo Butantan

Published

on

Instituto já entregou cerca de 42 milhões de unidades da vacina desde janeiro. Expectativa é de entregarem mais 54 milhões até agosto

DA REDAÇÃO

Nesta quinta-feira (6), o Instituto Butantan enviou para o Ministério da Saúde um lote com mais 1 milhão de doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo instituto em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Desde janeiro, o Butantan entregou cerca de 42 milhões de doses da vacina ao Plano Nacional de Imunização (PNI). As doses começam a ser liberadas a partir desta sexta (7).

As doses tem sido muito aguardadas, especialmente por aqueles que tomaram a primeira dose da Coronavac e já estão no prazo de receber o reforço.

No último dia 19 de abril, o instituto havia recebido uma remessa de 3 mil litros do ingrediente farmacêutico Ativo (IFA), matéria-prima importada necessária para a produção de novas doses da vacina contra o novo coronavírus. Um novo carregamento com mais 3 mil litros já está sendo negociado com a Sinovac.

O Butantan está perto de completar as 46 milhões de doses do primeiro contrato firmado com o Ministério da Saúde. A expectativa é entregar mais 54 milhões até o final de agosto, totalizando assim, 100 milhões de doses destinadas à campanha de vacinação brasileira contra a Covid-19.


Fonte: Brasil 61

Continue Reading

Anápolis

Rotary Club e o Colégio Militar realizam Dia “D” de Doação de Sangue

Published

on

A adesão de doadores é primordial para manter os estoques dos bancos de sangue, fundamental para salvar vidas de pessoas que dependem de transfusão de sangue

DA REDAÇÃO

O Rotary Club de Anápolis Jaiara e o Colégio da Polícia Militar do estado de Goiás, Dr. César Toledo, juntamente com o Hemocentro de Goiás, realizam o DIA “D” DE DOAÇÃO DE SANGUE no próximo dia 10 de maio, segunda-feira.

A iniciativa foi do Rotary Club Jaiara, presidido pela professora Nara Rúbia. “Nossa expectativa é de coletar 60 bolsas de sangue durante a ação, lembrando que cada doação pode salvar a vida de até quatro pessoas”, disse.

A coleta será realizada no Colégio Militar, o Tenente Coronel Luciano, diretor da unidade, lembra que é necessário fazer o agendamento. “Nós temos tomado todas as medidas de segurança para evitar a contaminação pelo Coronavírus, por isso é importante o agendamento”, ressaltou. Os telefones para agendamento são os do Colégio Militar: (62) 3315 2513/ 3315 5851.

A adesão de doadores é primordial para manter os estoques dos bancos de sangue, fundamental para salvar vidas de pessoas que dependem de transfusão de sangue, seja em atendimentos emergenciais relacionados a acidentes automotivos, transplantes e outros procedimentos, que com a pandemia tem uma demanda crescente e uma redução na coleta.

DIA “D” DE DOAÇÃO DE SANGUE

Data: 10/05/2021 – Segunda-feira

Horário: Das 8h às 18h

Local: CPMG – Dr. Cesar Toledo – Rua Monteiro Lobato, qd 02, s/n, Bairro Alexandrina – Anápolis – GO

Continue Reading

Destaque