Connect with us

Anápolis

Investimentos de R$ 140 milhões para resolver problema da água

Published

on

O Governador Marconi Perillo reconheceu que a crise foi responsável por paralisação de obras e garantiu que as mesmas serão concluídas em sua gestão. Lideranças anapolinas festejaram o anuncio feito em meio à solenidade.

 

O Governador Marconi Perillo (PSDB) cumpriu agenda em Anápolis na manhã da última quarta-feira, 21, para visitar obras, assinar ordens de serviço e convênios. A programação teve início bem cedo, na Estação de Tratamento de Água da SANEAGO, onde acompanhou o início da obra para a transposição de água do Ribeirão Capivari para o Sistema Piancó, obra esta considerada de caráter emergencial, com o objetivo de não deixar faltar água no Município, durante o período de estiagem. O valor é de R$ 3,8 milhões e a expectativa é de que o serviço fique pronto e comece a funcionar no mês de setembro próximo.
A segunda etapa da visita aconteceu no Centro Administrativo. Antes, Marconi e o Prefeito Roberto Naves (PTB) participaram de uma reunião com os vereadores. Neste encontro, ele recebeu a solicitação de uma ajuda do Estado, para a conclusão das obras do prédio do parlamento, paralisadas após constatar-se uma série de irregularidades na edificação.
A comitiva, composta por deputados, vários secretários estaduais, municipais, prefeitos de cidades vizinhas e outras lideranças, se dirigiu até o Teatro Municipal, onde aconteceu a assinatura de atos. O primeiro deles foi a ordem de serviço para a retomada das obras de construção do Anel Viário do Distrito Agro Industrial de Anápolis (DAIA), com valor estimado de R$ 9,2 milhões. Em seguida, foi assinado o convênio entre a Secretaria de Governo e o Município, para o repasse de R$ 10 milhões oriundos do programa “Goiás na Frente” para obras de infraestrutura. Foi também assinada a ordem de serviço para a retomada de obras do sistema de esgotamento sanitário, com valor de R$ 80 milhões e a licitação para a nova Estação de Tratamento de Água, no valor de R$ 50 milhões e, ainda, mais R$ 3 milhões para a obra emergencial de transposição de água do Ribeirão Capivari para o Sistema Piancó e R$ 1,3 milhão para elaboração de projeto para captação de água no Capivari.
OS NÚMEROS
Em seu pronunciamento, Marconi Perillo ressaltou que os investimentos carreados para Anápolis, devem chegar ao montante de R$ 250 milhões. Ele reconheceu que, com o reflexo da crise econômica que assolou o País, muitos projetos tiveram de ser paralisados e serão, agora, retomados, além dos novos investimentos, sobretudo, na área de saneamento, cujo aporte é na casa de quase R$ 140 milhões, para solucionar o problema de desabastecimento. Além disso, Marconi adiantou que já está entabulando, junto ao ex-prefeito João Gomes, que hoje atua na secretaria extraordinária de Assuntos Habitacionais, e com o atual Prefeito Roberto Naves, a construção de, pelo menos, cinco mil moradias populares. Não foi, entretanto, divulgado um prazo para este projeto, mas já estaria em andamento, para a fase inicial, um com de 500 unidades.
O Governador reforçou que irá concluir as obras que faltam, como o Aeroporto de Cargas, o Centro de Atendimento Sócio Educativo (que visou na última parte da agenda) e o Centro de Convenções. Da mesma forma, não adiantou nenhum cronograma para a entrega dessas obras. Marconi falou, ainda, que o Governo vai ampliar o sistema de água do DAIA e promover melhorias na Estação de Tratamento de Esgoto do distrito.
PREFEITO EXALTA PARCERIA COM O ESTADO E APONTA PRIORIDADE PARA APLICAÇÃO DE RECURSOS
O Prefeito Roberto Naves adiantou que o dinheiro do convênio junto ao programa “Goiás na Frente” terá várias destinações, como a construção de centros de saúde, de quadras de esportes, recuperação de feirões cobertos e a revitalização de um imóvel no antigo Parque Ipiranga, que poderá ser utilizado para abrigar as secretarias de Saúde e de Educação, que atualmente funcionam em um prédio alugado e, também, a estrutura da secretaria municipal de Meio Ambiente.
O chefe do Executivo anapolino disse estar otimista quanto à execução de várias melhorias, que advirão do convênio, juntamente com recursos próprios da Prefeitura, no valor de R$ 5 milhões, e mais R$ 10 milhões que podem aportar nos cofres públicos por meio de emendas parlamentares. E, ainda, outros R$ 10 milhões para o setor de pavimentação asfáltica.
Durante a solenidade de assinatura de atos, fizeram uso da palavra o Deputado Estadual Carlos Antônio (PSDB); os federais Alexandre Baldy (Podemos) e Jovair Arantes (PTB); e o Vice-Governador José Éliton, que coordena o programa “Goiás na Frente”.
O Prefeito Roberto Naves antecipou que será solicitada uma audiência com o Governador, para que seja levada ao Palácio das Esmeraldas a “Lamparina”, símbolo da campanha “Eu sou do Bem, Eu sou de Deus”. Um encontro, também, será marcado para se debater, especificamente, temas relacionados à segurança pública no Município.

Texto Extraído Jornal Contexto

Continue Reading
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Anápolis

Comércio em Anápolis não deverá abrir neste sábado e domingo

Published

on

Orientação faz parte das novas medidas adotadas segundo o protocolo de risco de colapso do sistema de saúde

DA REDAÇÃO

Segundo as normas da matriz de risco moderado do protocolo de segurança de Anápolis, o comércio na cidade não deverá abrir no sábado e no domingo. A medida vale, também, para os shoppings da cidade. A autorização para funcionamento é apenas para os serviços essenciais como supermercados, farmácias e serviços de saúde.

Os restaurantes (tanto de rua, como dos shoppings) podem funcionar no sistema delivery.

As medidas fazem parte do novo protocolo da Matriz de Risco do colapso do sistema de saúde elaborado e atualizado pela Vigilância Sanitária de Anápolis. O objetivo é frear o contágio pelo novo coronavírus.

Continue Reading

Anápolis

Prefeito Roberto Naves não descarta lockdown em Anápolis

Published

on

Fala do prefeito foi durante a reunião de prestação de contas, por videoconferência, para a Câmara de Vereadores

Por Priscila Marçal

Hoje (26), na sessão remota de prestação de contas na Câmara Municipal, o prefeito Roberto Naves falou abertamente sobre a situação da Covid-19 em Anápolis. “O momento que estamos passando é muito sério e requer cuidado total por parte de todos. Não brinquem com isto e vamos ter consciência do poder deste inimigo que estamos enfrentando”, disse o prefeito.

A fala do prefeito foi de alerta para que a população reforce os cuidados para evitar o contágio pelo novo coronavírus, já que a taxa de ocupação de leitos de UTI no município já chega a 80%. Segundo o prefeito, se este índice aumentar para 90% a cidade será fechada. “Irá funcionar apenas serviços essenciais e de saúde, vamos fechar a cidade”, disse.

Taxa de ocupação de leitos de UTI em Anápolis nesta sexta-feira (26)

O prefeito falou sobre as medidas que vem sendo tomadas para evitar o colapso no sistema de saúde, como a abertura de mais leitos de UTI, mas reforçou que isso não é suficiente. “Não é possível abrir muitos leitos porque não temos profissionais para trabalhar nessas unidades. Se o comportamento da população não mudar, qualquer pessoa pode morrer na espera de liberação de um leito para o tratamento”, alertou.

Vacinação

A vacinação contra a Covid-19 na cidade avança. Durante sua declaração hoje, na sessão remota da Câmara, o prefeito também falou que está buscando comprar vacinas com recursos municipais “mas só podemos comprar o que existe!”, explicou o prefeito ao lembrar que há doses disponíveis para compra no mercado.

No próximo domingo (28), haverá vacinação na modalidade drive-thru para idosos cadastrados para receberem a primeira dose, que tenham 75 anos ou mais. Os idosos que já receberam a primeira dose e devem, agora, buscar a segunda dose, também pode comparecer aos pontos de vacinação para serem imunizados. Os pontos fixos de vacinação são: no viaduto da Brasil (cruzamento da Av. Brasil com a Av. Goiás), na CMTT e em quatro pontos fixos de vacinação que estarão abertos: Unidades de saúde da Vila União, Vila Norte e Filostro Machado.

Até o momento, 13.832 pessoas foram vacinadas em Anápolis, entre idosos com idade igual ou superior a 80 anos (1ª e 2ª dose) e profissionais da linha de frente da saúde.

Casos de Covid-19 em Anápolis

Os dados de Anápolis divulgados nesta sexta-feira (26),  apresentam 23.095 infectados desde o início da pandemia e 488 óbitos. Mais uma morte foi acrescentada aos números nesta sexta-feira, trata-se de um homem de 78 anos que faleceu no dia 25.

Dos 23.095 casos confirmados, 20.046 estão curados. Nas últimas 24 horas foram confirmados 128 casos, sendo 75 do sexo feminino, com idade entre 06 e 85 anos, e 53 do sexo masculino de 047 a 91 anos.

Continue Reading

Anápolis

Vigilância Sanitária notifica Urban por descumprir protocolos de prevenção à Covid-19

Published

on

Número de passageiros acima do permitido e falta do uso de máscara estão entre as irregularidades verificadas; empresa terá que apresentar defesa

DA REDAÇÃO

A Vigilância Sanitária de Anápolis notificou nesta sexta-feira, 26, a empresa Urban, que presta serviço de transporte coletivo na cidade, por descumprir parte das normas da matriz de risco moderado do protocolo de segurança para o segmento de transportes, tais como: exceder o número de passageiros sentados por veículo a cada viagem, permitir a entrada de passageiros sem o uso de máscaras e falhas no processo de sanitização dos ônibus ao longo do dia. A empresa agora precisará apresentar defesa jurídica e, a depender da fundamentação apresentada, pode ser multada ou ter suas atividades suspensas.

As irregularidades foram registradas de ontem para hoje em dois pontos distintos da cidade. Na quinta-feira, entre as 17 horas e 18 horas, profissionais da CMTT, Vigilância Sanitária e Polícia Militar (PM) detectaram, em três linhas que realizam a rota do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), número de passageiros acima do preconizado no protocolo (número igual ou inferior à quantidade de número de assentos disponibilizados por veículo). Na ocasião, houve orientação para distribuir os passageiros em outro ônibus.

Já na sexta-feira, no Terminal Urbano de Anápolis, os fiscais observaram falhas no processo de sanitização dos ônibus, conforme reforçado em reunião ocorrida no último dia 19, na qual ficou determinada que os ônibus devem ser sanitizados a cada viagem. Os fiscais da Vigilância Sanitária reforçaram também a necessidade de que motorista e demais funcionários da empresa sejam orientados a seguirem as regras do protocolo do nível moderado da matriz de risco.

Continue Reading

Destaque