Connect with us

Policial

Adolescente pede indenização por ter sido preso injustamente

O jovem ficou preso por oito meses, mas foi inocentado. Ele pede R$ 50 mil de indenização

DA REDAÇÃO

A Defensoria Pública de Goiás propôs ação na Justiça pedindo indenização a um adolescente que ficou internado por oito meses após ter sido inocentado. A Internação ocorreu entre novembro de 2019 e julho de 2020, em Formosa.

O órgão pede que o Estado pague 50 mil reais para reparar o dano causado ao jovem, que foi submetido à restrição de liberdade sem ato judicial motivador. O jovem que, agora, tem 18 anos deixou, em julho deste ano, o Centro de Atendimento Socioeducativo de Formosa.

Durante o período, ele foi submetido a várias transferências, cumprindo a medida nos Centros de Atendimento Socioeducativo Goiânia, Formosa e Anápolis. Quando retornou de Anápolis para Goiânia, no início de julho, uma inspeção foi feita por defensores públicos no local. Na oportunidade, o adolescente solicitou o atendimento que resultou na decretação da liberdade dele.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Destaque