Connect with us

Saúde

Ipasgo orienta sobre atendimentos fora de Goiás

Ação visa esclarecer dúvidas quanto a solicitações de reembolsos e prazos de pagamento em eventuais situações de emergência que aconteçam em outros Estados

DA REDAÇÃO

O Instituto de Assistência dos Servidores do Estado de Goiás (Ipasgo) é um plano de assistência com abrangência estadual. Mas, o que o usuário deve fazer se estiver fora do Estado e precisar de atendimento na área da saúde? Essa dúvida é recorrente e, por isso, é o tema da segunda edição do Alô, Ipasgo, a nova campanha informativa sobre direitos e deveres dos usuários.

Em situações de urgência e emergência de caráter particular e em lugares onde não houver comprovadamente rede credenciada ao Ipasgo, é possível utilizar o serviço médico.

Posteriormente, o usuário poderá ser reembolsado, de acordo com a tabela de pagamento do Ipasgo, e mediante a apresentação de nota fiscal. Mas, procedimentos, materiais ou medicamentos não previstos no rol do instituto não serão ressarcidos.

A previsão de pagamento é de, aproximadamente, 30 dias, podendo variar de acordo com as demandas. Vale reforçar ainda que o valor não será estornado em sua totalidade, já que a tabela de preços do Ipasgo não é a mesma cobrada em exames e consultas realizadas outros Estados.

Para saber o valor referente ao serviço utilizado o usuário deverá ligar para o número 0800 621919 e solicitar a informação ou consultar a tabela de procedimentos por meio do portal www.ipasgo.go.gov.br.

Além disso, apenas o titular do plano pode solicitar o reembolso em uma regional do Ipasgo, Agências do Vapt-Vupt ou na própria sede do órgão, localizada na Avenida 1ª Radial, nº 586, Setor Pedro Ludovico, em Goiânia.

Campanha

O Alô, Ipasgo é uma ação informativa que tem como objetivo ampliar os canais de disseminação dos benefícios e atendimentos de saúde oferecidos e também sobre as regras de acesso e conduta.

De acordo com o presidente do Ipasgo, Hélio José Lopes, a ação têm como objetivo promover a transparência dentro do órgão, além de orientar os usuários sobre os seus direitos. “Dessa forma garantimos que os nossos pacientes se protejam de práticas abusivas”, afirma.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Instituto de Assistência dos Servidores do Estado de Goiás (Ipasgo) – Governo de Goiás

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Destaque