Connect with us

Anápolis

Hospital Evangélico Goiano completa 93 anos

Ao longo de sua história, instituição esteve sempre à frente do seu tempo, com investimentos e novas tecnologias a serviço da população. Recentemente, importantes aquisições fizeram com que o HEG entrasse mais uma vez na vanguarda da saúde, com implantação do teleatendimento em AVC e conquista do selo ONA II

Felipe Homsi

O Hospital Evangélico Goiano, fundado em 1927 pelo casal James e Daisy Fanstone, completa 93 anos de existência, em uma história que envolve a luta pela excelência no atendimento em saúde.

“Devemos sempre nos lembrar que o HEG foi a segunda unidade hospitalar criada no Estado de Goiás e a primeira a oferecer atendimento particular em território goiano. Desde o princípio, a inovação tecnológica foi o ponte forte da instituição”, ressalta o diretor executivo, Ernei de Oliveira Pina.

Já em seus primeiros anos, o médico e missionário James Fanstone, fundador do Evangélico, decidiu estruturar a unidade para oferecer à comunidade serviços médicos em Anápolis, sem que os cidadãos precisassem depender da capital goiana ou de outras cidades brasileiras quando o assunto é saúde.

“Pela primeira vez em sua história, o interior goiano passava a ter uma estrutura adequada de saúde. O HEG possuía, já no seu início, 20 leitos hospitalares, sala de cirurgia, aparelho de raios-x e laboratório”, explica ainda o diretor Ernei Pina.

O ano de 1927 marcou o estabelecimento oficial do hospital, que funcionava provisoriamente na residência de Dr. James Fanstone. Além do trabalho do fundador, profissionais de saúde brasileiros e ingleses passaram ao longo dos anos a integrar o corpo de profissionais, sempre em sintonia com o que há de mais moderno na assistência à saúde.

O médico Ernei Pina, diretor executivo do HEG, ainda pontuou a vanguarda e pioneirismo de James Fanstone na transformação do Hospital Evangélico Goiano em referência nacional. “Visionário, James Fanstone fundou a primeira sede do Evangélico, o edifício Daisy Fanstone, com cinco andares, considerado o primeiro “arranha-céus” de Goiás pelo historiador João Asmar, explica ainda.

Em 1933, era fundada a Escola de Enfermagem Florence Nightingale. Criada a partir do trabalho desempenhado no Hospital Evangélico Goiano e para atender a uma demanda crescente no Brasil de formação de profissionais da enfermagem, a escola ‘Florence’ formou e forma desde então enfermeiros e enfermeiras técnicas.

“Rapidamente, a escola se tornou referência no país e passou a enviar profissionais para outras cidades e estados, que saíam de Anápolis com um certificado de peso e conseguiam emprego nas mais diversas instituições de saúde do Brasil”, explica Ernei de Oliveira Pina.

Educação

Ao longo de sua história, o Hospital Evangélico Goiano sempre esteve envolvido na evolução da educação em Anápolis e no Estado de Goiás. Dr. James Fanstone foi um dos fundadores do Centro Universitário de Anápolis, UniEVANGÉLICA, unidade de ensino com origens em 1947, hoje uma referência nacional em cursos de saúde.

Até os dias de hoje, uma parceria importante com a UniEVANGÉLICA é estabelecida. Um Centro de Treinamento para COVID-19 foi montado na instituição a partir de um trabalho feito no HEG. “Iniciamos no Hospital Evangélico um projeto para capacitação dos nossos profissionais, com o objetivo de prepará-los a atuarem junto aos pacientes que tiverem confirmação para COVID-19”, explica o médico Ernei.

Após a experiência exitosa no HEG, profissionais desta unidade de saúde e da UniEVANGÉLICA passaram a atuar desde o início da pandemia no Centro de Treinamento. Já foram capacitados diversos profissionais do Estado de Goiás para o enfrentamento à COVID-19, em uma parceria inédita envolvendo prefeituras e Secretaria de Saúde goianas.

Tecnologia

O Hospital Evangélico Goiano é uma instituição que realiza procedimentos de alta complexidade e tem o foco no paciente, com o compromisso permanente de buscar qualidade e excelência. Uma das suas mais recentes aquisições foi o novo equipamento de ressonância magnética (RM) da instituição, da marca Philips e modelo Prodiva 1.5T CS/CX.

O aparelho ampliou a capacidade de realização de exames de imagem, com a possibilidade de realização da ressonância cardíaca, suprindo uma demanda que estava reprimida em Anápolis.

Teleatendimento

O HEG firmou uma parceria com a empresa goiana ConectMed, que criou o TeleAVC, uma rede de suporte e treinamento avançados para agilizar a tomada de decisão desde o momento que a equipe local identifica um paciente com sintomas de AVC.

“O programa permite a rápida comunicação entre a equipe médica hospitalar e nossa equipe de neurologistas para dar uma resposta raramente oferecida fora dos complexos hospitalares de referência. Com rígidos protocolos para tratamento e manejo de emergências neurológicas através de telemedicina, possibilitamos o atendimento especializado para pacientes com suspeita de AVC, 24 horas por dia, 7 dias por semana”, afirma o sócio da empresa Frederico Lopes Moraes.

ONA

O Hospital Evangélico Goiano, única instituição hospitalar de Anápolis acreditada com o certificado ONA II, está em busca de mais uma conquista. A direção do HEG atua para garantir que o hospital seja credenciado com o certificado ONA III, último nível de acreditação desta importante organização acreditadora.

“A cada dia, o HEG aprimora seus procedimentos, amplia sua estrutura e promove ações para melhoria de seus serviços em saúde”, ressalta Ernei de Oliveira Pina, diretor executivo do Hospital Evangélico Goiano. A Organização Nacional de Acreditação (ONA) é responsável pelo desenvolvimento e gestão dos padrões brasileiros de qualidade e segurança em saúde.

Estrutura

Atualmente, o Hospital Evangélico Goiano possui 9600 metros quadrados de área construída. São 516 colaboradores e 208 médicos que atuam na instituição. A unidade realiza 680 cirurgias por mês.

O HEG é credenciado ao SUS como referência em neurocirurgia, cirurgia cardíaca e oncologia. Desde sua fundação, o hospital é campo de estágio para estudantes goianos, que teve início com a Escola de Enfermagem Florence Nightingale. Ao longo do tempo, expandiu essa possibilidade para acadêmicos de enfermagem, fisioterapia, nutrição, psicologia e medicina.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Destaque