Connect with us

Goiás

Ampliação da testagem começa a partir desta quarta-feira

A SES-GO tem a meta de realizar o teste em cerca de 240 mil pessoas, aproximadamente 5% da população de Goiás.

DA REDAÇÃO

O Governo de Goiás já inicia de imediato, a partir desta quarta-feira, dia 22, a ampliação da testagem e do monitoramento, com o uso do aplicativo Dados do Bem. A ação começa por Goiânia, com quatro locais de testes RT-PCR – exame que identifica o coronavírus no período em que está ativo no organismo humano – cadastrados no aplicativo. Ainda nesta semana deve entrar em operação na cidade de Anápolis. Depois, na semana que vem, de forma gradativa, os testes vão ser aplicados nos demais municípios à medida em que as prefeituras forem se estruturando e assinarem o termo de adesão.

Superintendente de Vigilância em Saúde da SES-GO, Flúvia Amorim esclarece que a distribuição dos testes observa os dados epidemiológicos de cada um dos 78 município contemplados inicialmente. Os critérios técnicos levam em conta a dimensão populacional, a proporção de testagem atual e a população de risco existente, entre outras variáveis.

O secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, explica que o programa será um complemento de testagem já realiza atualmente, na medida em que expande a capacidade diária já realizada. Ele acentua que a nova metodologia não substitui as estratégias já adotadas. Também destaca a importância de os gestores municipais assumirem o compromisso de conscientizar a população sobre a necessidade de instalar o aplicativo e efetivar, de forma ágil, o transporte das amostras dos municípios até o Lacen.

Para o titular da Secretaria-Geral da Governadoria, Adriano da Rocha Lima, é de fundamental importância que a população de Goiás como um todo baixe o aplicativo, disponível gratuitamente nas lojas virtuais. “Mesmo aqueles que não moram nos 78 municípios definidos para a testagem em massa devem se cadastrar a fazer a autoavialiação. Quanto mais pessoas baixarem, mais informações teremos no combate à pandemia”, afirmou. As informações sobre locais e regiões com maior índice de contaminação são essenciais, não só do ponto de vista epidemiológico, mas também para que Estado e municípios adotem ações de combate ao coronavírus.

Atualmente, a SES-GO realiza de 250 a 400 testes por dia, pelo Laboratório Central de Saúde Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen), em Goiânia. Com o novo programa, deve realizar, na primeira semana, de 500 a mil testes ou mais por dia. Gradativamente o processamento dos exames será ampliado, podendo chegar a mais de 4 mil testes por dia.  A SES-GO tem a meta de realizar o teste em cerca de 240 mil pessoas, aproximadamente 5% da população de Goiás.

Uso do aplicativo

As 18 Regionais de Saúde da SES-GO vão distribuir os kits de coleta e material auxiliar aos 78 municípios pré-selecionados. O programa de testagem e monitoramento será efetivado com o uso do aplicativo “Dados do Bem”, desenvolvido pelo Instituto D’Or, em parceria com a Zoox Smart Data. A ferramenta permite monitorar pacientes com Covid-19 e rastrear os seus contatos (pessoas que tiveram contato com paciente contaminado), alertando da necessidade de isolamento e testagem dessas pessoas.

Cada usuário poderá baixar o aplicativo gratuitamente e responder às perguntas no campo autoavaliação. Quem tiver indicação para fazer o exame RT-PCR deverá selecionar uma uma das opções de locais apresentadas na própria plataforma. Em seguida, a pessoa receberá no celular um voucher com um QR Code, que será escaneado na unidade de saúde indicada. O agendamento do teste se dará exclusivamente pela ferramenta.

Aqueles que receberem a indicação para o exame deverá deverão selecionar uma das opções de locais apresentadas na própria plataforma. Em seguida, a pessoa receberá no celular um voucher com um QR Code, que será escaneado na unidade de saúde indicada. O agendamento do teste se dará exclusivamente pela ferramenta.

Caso o resultado dê positivo, o infectado indicará até cinco pessoas com quem ele tem mais contato. Cada um desses indicados receberá uma mensagem no celular, com o voucher, e será convidado a também fazer o teste. Dessa forma, o aplicativo consegue mapear a população afetada pelo novo coronavírus. As informações são lançadas em uma plataforma que analisa e correlaciona os dados. A partir daí, fará o mapeamento epidemiológico por bairro e até por rua.

Amostras

As amostras serão coletadas pelos municípios e transportadas até o Lacen, na capital, que também fará o armazenamento e a embalagem, em caixas específicas, para o transporte de material biológico. Após o preparo, diariamente, as caixas com as amostras serão transportadas de avião para a Fiocruz, no Rio de Janeiro. A Fiocruz se responsabilizará pelo transporte e processamento das amostras. A previsão é que o resultado das análises seja liberado em até 48 horas e visualizado pelo paciente pelo aplicativo Dados do Bem.

Fonte: www.goias.gov.br

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque