Connect with us

Anápolis

Prédio do antigo Clube Ipiranga está quase pronto

DA REDAÇÃO

Cobertura do prédio, ok! Instalações elétrica, hidráulica e de incêndio, ok! Rede de escoamento, ok! Sistema de esgotamento sanitário, ok! E até o final desse mês de julho, assim como os itens acima e muitos outros, todo o restante também deve estar concluído, deixando o espaço do antigo Clube Ipiranga apto a receber o Centro de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia de Anápolis (CEITec) e, eventualmente, algum outro órgão da Prefeitura.

Para isso, várias frentes de serviços – com quase 30 homens no total –, se empenham na instalação do forro de PVC e do elevador que garante a acessibilidade, na finalização do piso de granitina, acabamento dos banheiros, estacionamento e pintura.

Com as equipes mobilizadas e o trabalho avançando em ritmo acelerado, a expectativa é que a entrega ocorra ainda no final do mês de julho, por ocasião do aniversário da cidade. Conforme Erick Takada, cerca de 85% do trabalho já foi realizado, restando apenas o chamado acabamento. “Está tudo caminhando dentro do previsto no cronograma”, garante o engenheiro responsável pela obra, cuja área construída ultrapassa os 1,9 mil metros quadrados.

Localizado em uma das áreas mais nobres de Anápolis, o espaço está fechado há quase uma década. Agora, com a reforma e as várias adequações realizadas, o local vai abrigar o CEITec, que desponta como um dos pilares para o desenvolvimento econômico e acadêmico da cidade. Ele é focado em três eixos principais: incentivo ao empreendedorismo, criação de um ecossistema de integração de startups a empresas de pequeno, médio e grande porte, e promoção de sinergia entre os integrantes da chamada Tríplice Hélice (poder púbico, empresas e universidades).

“Queremos criar as condições necessárias para posicionar Anápolis como centro estratégico de pesquisa, desenvolvimento, inovação e negócios de alto valor agregado pelos próximos 20 anos, além de incentivar a competitividade, e a qualidade junto a profissionais e empresas atuais e futuras de Anápolis”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Anastacios Apostolos Dagios.

Ainda segundo Anastácios, o aumento da arrecadação tributária de Anápolis e de Goiás, impulsionado pela competitividade de negócios inovadores e pela participação local em mercados nacionais e internacionais, é outro reflexo esperado com a criação do CEITec. “Estamos certos quanto à atração de investimentos nacionais e estrangeiros e de que teremos uma plataforma internacional de cooperação tecnológica entre centros de pesquisa, desenvolvimento e inovação a partir da agenda do Polo da Indústria de Defesa e Segurança, um dos protagonistas do nosso projeto”, conclui.

O que a obra inclui

– Troca da cobertura de todo o prédio;

– Novo sistema de esgotamento sanitário, com poço de recarga para a rede de esgoto da Saneago;

– Rede de escoamento de águas pluviais;

– Manutenção e reforço das estruturas existentes;

– Reforma de toda a instalação elétrica, hidráulica e incêndio;

– Instalação de reservatório de 26 mil litros;

– Escada para acesso ao segundo pavimento;

– Fachada;

– Pintura completa;

– Junção dos estacionamentos interno e externo, com oferta de vagas para 200 carros.

Fonte: www.anapolis.go.gov.br

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque