Connect with us

Goiás

Goinfra programa ações para garantir qualidade do asfalto nas rodovias

Novas medidas são adotadas nos serviços de restauração da GO-060

DA REDAÇÃO

Uma série de ações implementadas pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) já começam a surtir efeito na qualidade do asfalto das rodovias goianas. As novas medidas já estão sendo adotadas nos serviços de  restauração da GO-060, que foram retomadas recentemente pela agência.

Ao explicar as mudanças, o presidente da Goinfra, Pedro Sales,  destacou  que  na gestão passada, a qualidade do asfalto e as medições não eram submetidas a nenhum controle. “As medições eram trazidas para pagamento pelas próprias empresas, sem a devida conferência ou auditorias e durante muito tempo não havia  sequer a obrigação da contratada apresentar à agência os ensaios laboratoriais do pavimento implantado”, afirmou.

Segundo Sales, essa realidade mudou. Hoje, a Goinfra possui parâmetros de fiscalização equiparados ao do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT). “O laboratório foi revigorado e voltou a atuar e suas obras são necessariamente acompanhadas por empresas supervisoras que certificam a qualidade das obras” disse.

Com as novas regras, as medições que chegam dos trechos são cuidadosamente revisadas ao chegar na Gerência de Medição do órgão. Alterações de projetos também não podem mais ocorrer por decisão exclusiva do fiscal que atua na obra, e isso impede que ocorram alterações que não sejam estritamente necessárias.

Além disso, as orientações e sugestões recomendadas pela equipe técnica do Tribunal de Contas do Estado (TCE) são acatadas e incorporadas para a melhoria do processo. “É um ganho na qualidade dos serviços e, como já se pode ver na obra da GO-060, o resultado disso tudo é um asfalto com padrão de qualidade que vem para marcar uma nova era no Estado”, garante o presidente.

Laboratório

Na última semana, a Goinfra realizou  os testes de qualidade do asfalto da GO-060, entre Iporá, São Luís de Montes Belos e Firminópolis. O trecho está em restauração, com 111,5 quilômetros e um investimento total de R$ 113,9 milhões por parte do Governo Estadual.

A agência  mantém uma equipe exclusiva para monitorar a qualidade dos serviços executados no trecho.

Estes testes são fundamentais para o controle de qualidade do asfalto de todas as rodovias em Goiás. “São estes ensaios laboratoriais de compactação de solo, concreto e capa asfáltica que garantem a boa trafegabilidade das rodovias no estado”, afirma Sales.

Ele anuncia que novos equipamentos estão sendo adquiridos e que, em breve, serão incorporados para melhorar, ainda mais, a qualidade dos serviços.

Fonte: www.goias.gov.br

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque