Connect with us

Colunas

72% das Microempresas utilizam as redes sociais para alavancar os negócios

Estudos mostram que com as redes sociais, é possível criar um vínculo mais próximo com o consumidor

Por Wanessa Lopes

Que as redes sociais são um fenômeno todo mundo sabe. Mas será que sabem também que essas plataformas podem ser grandes aliadas do empreendedorismo?

Uma pesquisa realizada em abril de 2018 pelo SEBRAE, mostrou que 72% das microempresas  utilizam o WhatsApp para se comunicar com clientes e 40% possui perfil no Facebook. A pesquisa mostrou ainda que o número de empresas com página na internet mais que dobrou, passando de 11% para 27%. Vale lembrar que a mesma foi divulgada em 2018. Dois anos se passaram e de lá pra cá, outras plataformas surgiram, ou, no caso do instagram, se potencializaram.

Outra pesquisa mais recente realizada pelo  AltimerGroup e Wetpaint, para a revista Business Week a partir de um grupo com as 100 empresas mais valiosas do mundo, mostrou que as empresas que investiram em mídias sociais cresceram 18% em um ano, enquanto as que não fizeram esse investimento tiveram queda de 6% em suas receitas no mesmo período.

É importante ressaltar que quando se trata de um perfil comercial, é necessário ter um comprometimento, uma rotina de postagens que cria um vínculo com seu público. A cultura de utilizar as mídias sociais de forma estratégica, ainda não faz parte do comportamento do empreendedor brasileiro.

Para reverter esse “atraso”, muitas empresas optam por pagar uma agência especialista na área que fica por conta apenas de gerenciar e criar conteúdos para os perfis comerciais oficiais do empreendimento.

Um exemplo de empresa especialista em gerenciar redes sociais empresariais é a agência Poiese Ilumina.

A Poiese é uma empresa 100% brasileira e 100% digital que trabalha com a criação de conteúdo digital, consultoria digital e gerenciamento de redes sociais, voltada para o âmbito empresarial.

Em entrevista à Rádio Imprensa, Gessyka Macena, fundadora da Poiese e Anielly Taveira, sócia da agência, explicam que o maior segredo para o sucesso da empresa no mundo digital, é ter segurança para falar do produto que você vende. Por isso a necessidade de escolher trabalhar com o que você realmente gosta. “Na internet as pessoas se identificam com pessoas. Por isso é necessário criar conteúdo do qual elas possam se identificar”, ressaltou Anielly.

Mas e para quem não tem nenhuma empresa e deseja começar com a internet?

Anielly e Gessyka deixam claro que para começar algo na internet não é preciso ser um profissional de uma área específica. Basta você ter paixão, ter vontade e saber dominar algum assunto que tenha um público interessado a te acompanhar.

Durante a entrevista, Anielly e Gessyka citam o exemplo da blogueira Suellen Kessamiguiemon, uma diarista que em meio a pandemia, perdeu seu emprego, mas resolveu usar seu Instagram para postar dicas de faxina e organização de casa. Hoje ela conta com mais de 30 mil seguidores e ganha dinheiro dando consultoria sobre organização.

As opções são inúmeras. Ganhar dinheiro com a internet é possível e cada dia se torna mais comum. Não importa se você já tem uma empresa e deseja reforçar sua marca no mercado, ou se você pretende começar do zero, a dica é mesma: encontre seu nicho, e trabalhe para atingir seu público alvo.

O sucesso vem na proporção do esforço e engajamento com suas plataformas. Trabalhar com as mídias sociais requer tempo, dedicação e uma rotina.

Em qual rede investir?

Aqui é onde a confusão começa: Instagram, Facebook, Youtube, Blogger, as opções são gigantescas. Mas, a pergunta que você deve fazer é: qual é o meu objetivo no momento?

Cada plataforma tem sua estratégia para trabalhar. Seu conteúdo é mais visual? Você é um fotógrafo, por exemplo? O Instagram é uma excelente idéia, pois proporciona a opção de postar fotos e através dos stories você pode interagir com seu público mostrando os bastidores do seu trabalho.

Segundo dados divulgados pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae, atualmente o Brasil é o segundo país com mais usuários no Instagram, perdendo apenas para os EUA, a rede social também é a que mais cresce no mundo, atualmente conta com mais de 500 milhões de contas ativas.

Para cada tipo de negócio tem uma plataforma que atende melhor as demandas, basta uma pesquisa para descobrir em qual delas você precisa estar. Mas lembre-se: com a convergência das mídias, todas elas são excelentes e atendem as mais variadas formas de expectativas. Mas e você? Consegue administrá-las?

Confira a entrevista na íntegra:

Entrevista completa com Gessyka Macena e Anielly Taveira – Poiese Ilumina
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque