Connect with us

Saúde

Nova etapa de vacinação contra gripe está acontecendo em Anápolis

Por Redação

Teve início na última terça-feira (28), a vacinação contra gripe para mais grupos prioritários conforme critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Gestantes, pessoas com doenças crônicas (veja abaixo as categorias de risco clínico), motoristas de transporte público, caminhoneiros e portuários poderão se imunizar em sistema drive-thru. Idosos e profissionais da saúde que não se protegeram na primeira fase também poderão receber a vacina.

A estratégia de imunização sem sair do carro acontece nos dias 28 e 30 (terça e quinta-feira) na rodoviária, na UniEvangélica, nas unidades de saúde Dr. Ilion Fleury (antiga Osego), Filostro Machado e no Feirão do IAPC (veja os endereços ao final do texto), das 8h às 16h. “Nessa primeira etapa iremos utilizar o drive-thru que é uma alternativa a aglomerações para evitar o risco de transmissão do novo coronavírus. Logo divulgaremos novas estratégias para alcançar todos os grupos dessa fase”, explica o coordenador de Vigilância, Júlio César Spíndola.

Para a vacinação, algumas comprovações serão exigidas. Motoristas e caminhoneiros devem comparecer com documento pessoal juntamente com crachá contracheque ou carteira de trabalho que comprove vínculo ou carteira de habilitação C, D ou E (motoristas de aplicativos e táxi não estão contemplados neste grupo). As grávidas poderão se vacinar em qualquer idade gestacional.

Pessoas com doenças crônicas devem apresentar relatórios ou laudos médicos e exames que comprovem a doença, lembrando que os mesmos poderão ser antigos (não serão aceitas caixas de medicamentos); e portuários precisam levar documentos pessoais juntamente com comprovação de vínculo (crachá, contracheque ou carteira de trabalho). Idosos e profissionais da saúde que não se vacinaram na primeira fase, levar documento pessoal com foto e contracheque ou identidade profissional com foto, respectivamente.

Fases

Em um terceiro momento, a partir do dia 9 de maio, é a vez de crianças de seis meses a cinco anos de idade; puérperas (mulheres pós-parto); adultos de 55 a 59 anos de idade; pessoas com deficiência; povos indígenas e os professores de escolas públicas e privadas.

A primeira fase foi marcada pela vacinação de idosos e profissionais de saúde. Devido à pandemia do coronavírus foram utilizadas estratégias como imunização em domicílio, drive-thru e salas de vacinas em unidades específicas.

Também foram feitas ações para vacinação de grupos que integram a segunda etapa como caminhoneiros em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros e Sest/Senat. Profissionais das forças de segurança e salvamento como bombeiros, policiais, entre outros, a imunização aconteceu nas próprias corporações a que pertencem, além dos motoristas do transporte coletivo. Ainda entraram nessa fase a população carcerária e funcionários do sistema prisional.

Lista de doenças crônicas que terão direito a vacina:

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque