Connect with us

Comunicação

A força da mulher no rádio anapolino

Desde o surgimento do veículo, muitas mulheres, em Anápolis, se destacaram na profissão de radialista

Por Nilton Pereira

Não há como contar a história das comunicações em Anápolis sem abrir-se um bom espaço para a participação efetiva; fundamental, importante e indispensável das mulheres. Seja na mídia impressa; seja no rádio; seja na TV, seja nas redes sociais. E, com certeza, um capítulo à parte precisa ser aberto no veículo Rádio. Desde as pioneiras Elídia Simonett; Haydée Jayme Ferreira; Anésia Cecílio; Valdira de Souza; Odete Roberta Flores; Almerinda Silva, Luciene Silva e tantas outras, até as atuais comunicadoras que ofereceram (e, ainda, oferecem) ao público ouvinte, através dos tempos, momentos importantes de entretenimento; informação, musicalidade e outras formas de comunicação.

Da direção geral ao microfone, a Rádio Imprensa se destaca pela quantidade de mulheres tralhando no Rádio

A Rádio Imprensa registra, com destaque, o desfile de várias dessas profissionais em uma longa e bela história. Pelos nossos microfones (desde os tempos de AM) foram várias as locutoras, repórteres, apresentadoras e disc-jóqueis que deixaram saudades no ar. Hoje, não é diferente. Com o advindo do sistema FM, mais moderno, mais eficaz e de melhor qualidade, há que se fazer tal registro, principalmente em março, quando são muitas as homenagens e comemorações para se lembrar o Dia Internacional da Mulher. Falemos, então, do Dia Internacional da Mulher Radialista, se é que se pode assim afirmar.

Na atualidade, a partir da direção geral, exercida por uma mulher – Lídia Magalhães – passando por servidoras do setor burocrático/administrativo, com as excelentes profissionais Letícia Mourato e Kelly Cristina, até o sistema de produção radiofônica em si, com as eficientes Priscilla Marçal; Baby Néia, Elíude Magalhães e Vanessa Lopes, que empregam seus talentos e aptidões para oferecerem ao público ouvinte, seja do rádio convencional, seja das redes sociais e outras formas de se levar o som da Rádio Imprensa 104,9 FM aos quatro cantos do mundo. São profissionais da mais alta qualidade que dedicam seu tempo e empreendem seus esforços para que Anápolis tenha uma proposta radiofônica consistente e de confiabilidade. É a mulher sendo eficiente, também, através das ondas do Rádio. Parabéns mulheres radialistas da Rádio Imprensa.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque