Connect with us

Goiás

Goiás é destaque em policiamento rural com uso de tecnologia

Assunto foi discutido durante o 1º Encontro Integrado de Segurança Pública de Divisas, em Uberaba

DA REDAÇÃO

Secretários e representantes das forças de segurança de Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal e Mato Grosso do Sul participaram, nesta quinta-feira (5/3), do 1º Encontro Integrado de Segurança Pública das Divisas, na 5ª Região Integrada de Polícia (Risp) de Uberaba, Minas Gerais.

O evento teve como objetivo estabelecer protocolos de atuação integrada para a redução da criminalidade em ambientes rurais e entre os painéis de discussão, Goiás foi destaque com a fala do secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, que discursou sobre Policiamento rural com uso de alta tecnologia e o Cenário da Criminalidade Rural nas Áreas da Divisa.

De acordo com o titular da SSPGO, o trabalho feito em Goiás pode servir de exemplos pra outras regiões. “Montamos em nosso Estado um novo sistema de patrulhamento por parte da Polícia Militar. Criamos um batalhão onde funciona um centro integral de comando e controle para a região rural, então, além das propriedades lotadas, cada viatura tem um laptop, tablet, um drone e suas redes de comunicação com os proprietários”, adiantou.

Ainda segundo o secretário, como resultados, foram obtidos números muito expressivos de redução de violência no campo. “Este é um dos eixos principais do governo Ronaldo Caiado”, declarou Rodney. “Também estruturamos melhor nossa Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais pra que pudéssemos melhorar a qualidade das investigações, principalmente, em cima das quadrilhas que hoje estão cada dia mais especializadas no roubo de defensivos, máquinas e animais. Além de apresentar nossas ações e nossos resultados, nos colocamos a disposição tanto de Minas Gerais, quanto de outros estados pra contribuir da forma que pudermos. Essa relação de troca de experiências todos os lados ganham. Até porque o crime não tem divisas, nem fronteiras”, concluiu.

O secretário de Segurança Pública e Justiça de Minas Gerais, General Mario Araujo, explicou que o encontro serve pra unificar as policias na divisão das fronteiras. “O ano passado quando estive aqui em Uberaba com as polícias militar e civil de Minas Gerais, identificamos que o problema do triângulo mineiro extrapola as nossas divisas. Se extrapola, vamos chamar os vizinhos. Então chamamos os secretários de SP, MS, GO e DF para este evento, para integrarmos as forças de seguranças desses Estados e melhorar a nossa entrega pra sociedade”, explicou.

Durante a apresentação, um dos pontos abordados pelo secretário de Segurança Pública de Goiás foi a Invisibilidade da Zona Rural nas ações de Segurança Pública, Criação do Batalhão Rural em julho de 2019, Implantação do 1º Centro de Comando e Controle Rural do país e do Fortalecimento da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais.

Dados do Observatório de Segurança Pública que mostram redução expressiva nos crimes em propriedades rurais entre 2018 e 2019 em todo Estado também foram expostos: queda de 33,67% em roubo a propriedades rural, queda de 36% no furto de gado, e de 59% no roubo de cargas.

Além disso, 10 propostas para o Protocolo de Intenções de Ações Integradas, também foram sugeridas por Rodney Miranda. Entre elas,  a criação de programas e projetos nacionais específicos voltados para a prevenção e o controle da criminalidade nas regiões rurais, considerando suas singularidades e a necessidade de ações específicas à parte do contexto da violência urbana; e a definição de indicadores de aferição de desempenho das políticas de divisas para ser possível estabelecer metas específicas de redução da violência no campo.

Além dos painéis, houve discussões sobre o implemento de ações policiais integradas de prevenção e repressão, relacionadas com os crimes violentos nas áreas rurais.

Policiamento rural georreferenciado em Goiás

O trabalho, considerado pioneiro, das forças policiais de Goiás no combate à criminalidade no campo foi referência para todas as outras unidades da federação durante todo ano de 2019. Em dezembro do último ano, inclusive, representantes de 14 Estados brasileiros estiveram na sede do Batalhão de Polícia Militar Rural e do Centro de Comando e Controle Rural. Alguns conheceram as instalações, outros apresentaram resultados de medidas aplicadas inspiradas nas ações das polícias goianas.

À época, o secretário Rodney Miranda participou da reunião e já havia colocado o pioneirismo de Goiás à disposição dos outros Estados. “O que nós queremos é combater a criminalidade no campo e contribuir com os outros Estados com o que estiver ao nosso alcance. Hoje estamos servindo como referência, devido a atenção que o governador Ronaldo Caiado determinou que tivéssemos em relação aos crimes no campo. O Estado de Goiás está totalmente aberto para somar aos outros Estados”, garantiu o secretário.

O Batalhão da PM Rural foi criado por meio da Lei n° 20.488/2019. A unidade é responsável por executar o policiamento rural, dar proteção e garantir tranquilidade às famílias que vivem no campo. O Centro de Comando e Controle Rural, por sua vez, coordena todas as ações de segurança no campo.

“O enfrentamento à violência na zona rural é um dos principais eixos na administração do governador Ronaldo Caiado e temos cumprido isso como muito rigor. O resultado tem sido altamente positivo, uma vez que somos referência para outros estados e até mesmo alguns países. Os produtores rurais e famílias que vivem no campo também reconhecem este trabalho”, afirmou o secretário de Segurança Pública de Goiás.

Fonte: www.goias.gov.br

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque