Connect with us

PRF

Operação Carnaval: 6 mortes até agora nas rodovias federais de Goiás

Devido ao alto número de acidentes, PRF considera o recesso como “carnaval negro”

Por Priscila Marçal

As notícias vindas das rodovias federais de Goiás não são nada boas. A “Operação Carnaval” realizada pela Polícia Rodoviária Federal desde sexta-feira (21), já registrou seis mortes em rodovias do Estado. Um dos acidentes foi na tarde deste domingo (23), na BR-364, em Mineiros, que deixou três mortos ainda não identificados. As causas deste acidente ainda não foram divulgadas pela PRF.

Acidente em Mineiros deixou três pessoas mortas (Foto Reprodução TV Anhanguera)

“Esses é um péssimo resultado, consideramos esse um ‘carnaval negro’ até agora. A orientação que fica para quem vai voltar pra casa nesta quarta-feira é que antecipe sua viagem. Venha na terça ou quarta pela manhã para evitar engarrafamentos”, orienta o policial rodoviário federal Inspetor Clemente, comandante da PRF em Anápolis.

Demais números da operação, como o total de acidentes, feridos, prisões e apreensões, ainda não foram divulgados pela PRF.

Na “Operação Carnaval 2019”, realizada entre os dias 1º e 6 de março, foram registrados 43 acidentes, com 49 pessoas feridas e nenhuma morte.

Prisão por embriaguez

A PRF prendeu um motorista profissional por dirigir alcoolizado na madrugada deste sábado (22). Era o motorista de um caminhão que conduzia o veículo no perímetro urbano da BR-060, em Rio Verde. Segundo a PRF, o condutor, além de bêbado, estava na contramão tentando fazer um retorno irregular, quando um automóvel Fiat Palio, com cinco ocupantes, colidiu contra o veículo de carga.

Por causa da alcoolemia, um acidente com ferimentos graves foi registrado

O automóvel fazia transporte por aplicativo e transitava em sua mão de direção quando colidiu com o caminhão, que fazia a conversão irregular. Com o impacto, o passageiro da frente foi socorrido com ferimentos graves, o motorista e outros três passageiros tiveram ferimentos leves.

O motorista do caminhão, de 43 anos, fez o teste do “bafômetro”, que acusou o teor alcoólico de 0,57 miligramas de álcool por litro de ar. Afirmou aos agentes da PRF que havia ingerido várias latas de cerveja momentos antes em uma festa na cidade de Rio Verde. O homem foi preso e está sendo investigado pelo delegado de Polícia Civil local. Com a recente alteração na legislação, causar lesões corporais graves após envolver-se em acidente sob efeito de álcool é crime inafiançável, com pena de reclusão de 2 a 5 anos.

Deslizamento na BR-414

Interdição da BR-414 gerou engarrafamento de 4KM

Devido às fortes chuvas do fim de semana, a BR 414 ficou totalmente interditada no KM-434, em Anápolis. Um grande deslizamento de terra foi responsável pela interdição, causando atoleiro para os veículos que tentam transitar no local. Por causa do deslizamento, o congestionamento chegou a quatro quilômetros no local. Equipes da PRF, do Corpo de Bombeiros e do Dnit estiveram no local para desobstruir a pista, o que aconteceu horas depois do incidente.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque