Connect with us

Saúde

Aumento dos casos de dengue em Anápolis preocupa autoridades sanitárias

Janeiro deste ano quase se iguala ao do ano passado, foram 586 registrados

Por Wanessa Lopes

A quantidade de casos de dengue em Anápolis preocupa. Só em janeiro deste ano foram notificados 586 casos. Os números praticamente se equiparam aos do ano passado, quando foram registrados 650 casos. O que mais preocupa as autoridades é que 2019 foi um ano endêmico, período em que o surto da doença é maior em relação aos outros anos.

“Este ano não é para ser endêmico, mas o número de casos de dengue já é maior do que se esperava para o período”, disse a gerente de controle de endemias, Patrícia Godoy. Ela explica ainda que o pico de registro de dengue na cidade é entre os meses de março e maio. “Estamos preocupados porque os meses onde mais se registram dengue ainda não chegaram e os números já são alarmantes”.

A preocupação é com o acúmulo de água parada, afinal, o mosquito precisa de água para se reproduzir. E com a chegada do período chuvoso, o governo conta com a participação da população para eliminar os locais que acumulam água.

De acordo com dados coletados em visitas dos agentes de endemias, o maior problema enfrentado no combate ao Aedes Aegypti, é a falta de limpeza dos quintais. “O número de casas com água acumulada em calhas é grande. A limpeza dos quintais também fica a desejar”, disse Patrícia.

Vale lembrar que a responsabilidade de manter as casas e quintais limpos não é da Prefeitura Municipal, e sim do proprietário do imóvel. A prefeitura tem o dever e responsabilidade de manter limpos os lotes, mas a manutenção é de cuidado dos moradores. “O trabalho dos agentes de endemias é orientar a população quanto a limpeza de suas casas, não de realizar este serviço”, esclareceu.

A gerente de combate a endemias também ressaltou que as equipes de agentes de endemias já estão nas ruas em atividade, são 600 pessoas entre agentes de endemias e soldados da Ala 2.

Quem quiser acionar o serviço dos agentes, tirar dúvidas ou fazer alguma denúncia, o telefone para contato é o 0800 646 0408, a ligação é gratuita.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Destaque