Connect with us

Brasil

Ministério da Saúde investiga nove casos suspeitos de coronavírus

Brasil junta-se ao esforço global para o enfrentamento ao vírus e é referência regional para outros países

DA REDAÇÃO

O Ministério da Saúde atualizou as informações sobre a vigilância do novo coronavírus no Brasil. Até as 16h desta quarta-feira (29), foram notificados 33 casos suspeitos. Desses, nove continuam em investigação, quatro foram descartados (negativo para a doença) e 20 excluídos (não se enquadram no protocolo de investigação). Não há casos confirmados.

Durante entrevista coletiva, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, recomendou às empresas brasileiras que evitem, neste período, organizar reuniões com presença física de pessoas que vêm da China. “As empresas devem optar por reuniões virtuais para tratar negócios no Brasil”, explicou Gabbardo.

Sobre uma possível epidemia no Brasil, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Gontijo, disse que “temos que lembrar que o Brasil está no verão, no hemisfério Sul. Os casos mais comuns de doenças respiratórias são no inverno. A probabilidade de circulação do vírus tão intensa quanto na China é muito pouco provável.”

Estrutura brasileira

A rede pública de saúde do Brasil conta hoje com 22 laboratórios centrais estaduais (Lacen) qualificados para realizar os testes mais específicos para o diagnóstico do novo coronavírus. Esses equipamentos têm capacidade de olhar para o passado viral, ou seja, identificar os vírus já conhecidos para doenças respiratórias (H1N1, rhinovirus, antigo coronavírus), reduzindo os casos que necessitem de maior investigação.

A Fundação Oswaldo Cruz (Rio de Janeiro/RJ) é a referência nacional para a investigação específica do novo coronavírus. Assim, recebe e processa amostras dos casos que passarem pelo filtro dos Lacen. O Ministério da Saúde vai capacitar os laboratórios públicos Adolfo Lutz (SP) e Instituto Evandro Chagas (PA) para também realizarem esse exame.

Referência regional

O governo brasileiro se colocará como parte do esforço global de resposta ao novo coronavírus. Na próxima semana, o Brasil vai realizar uma capacitação laboratorial para vários países. O encontro será no Rio de Janeiro (RJ). “Com isso, o Brasil se torna uma referência regional junto aos países do Mercosul e da América do Sul”, detalhou o secretário Wanderson Gontijo.

Atualização mundial

São 6.060 casos confirmados no mundo, sendo 5.997 confirmados na China. Ainda há 9.239 casos suspeitos na China, que já confirmou 132 óbitos. Outros 15 países confirmaram 68 casos do novo coronavírus. Nenhum óbito foi registrado fora da China.

Fonte: www.gov.br

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque