Connect with us

Goiás

Caiado diz que sobrevivência dos estados é prioridade

Por Richelson Xavier

O governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado disse nesta terça-feira (26), que a prioridade, por questão de sobrevivência dos estados, deve ser o Plano de Recuperação Fiscal que deverá ser divulgado nas próximas semanas pelo governo federal. E cobrou ainda rapidez na tramitação da proposta.

As declarações foram faladas durante encontro do Fórum de Governadores, no Palácio do Buriti, em Brasília (DF).
Caiado explicou que os governadores necessitam de um cuidado emergencial, em caráter prioritário frente as outras propostas que estão em discussão.

“Como parlamentar que fui durante 24 anos, sei como que é a tramitação de uma PEC [do Pacto Federativo]. Precisamos de imediato de um plano emergencial”, disse, referindo-se a outros projetos.

“Se vai desvincular, se vai ter Pacto Federativo, se vai ter o dinheiro do pré-sal, aí são outras situações que nós precisamos, mas antes é necessário garantir essa sobrevivência”, endureceu seu discurso.

A proposta de recuperação será enviada à Câmara dos Deputados em forma de projeto de lei complementar, com tramitação mais rápida.
Ronaldo Caiado confessou existir uma certa ansiedade por parte dos governadores, porque a proposta já teria que ter sido enviada.

“A informação que tínhamos era que o Mansueto [Almeida, secretário do Tesouro] enviaria semana passada. É preciso garantir essa celeridade.

Acreditamos que nos próximos dias ela será enviada para a Câmara”, reforçou.
O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que “governos anteriores pelo País fizeram coisas imperdoáveis”. E afirmou que é a favor de uma ajuda emergencial como defende Caiado.

“Esse movimento [Plano de Recuperação Fiscal] é um balão de oxigênio. Ajuda governadores comprometidos com os ajustes”, salientou Guede

Fonte: Portal Goias

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque