Connect with us

Brasil

Bolsonaro destaca importância dos investimentos gerados por meio de futuras concessões

Com 1.537 quilômetros, ferrovia Norte-Sul conectará os municípios de Estrela d’Oeste (SP) e Porto Nacional (TO) – Foto: Beth Santos/Secretaria-Geral da PR

Por Richelson Xavier 

O potencial dos investimentos previstos por meio da concessão de ferrovia, aeroportos e terminais portuários foi destacado pelo presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, na segunda-feira de carnaval. Em sua conta oficial no Twitter, ele ressaltou a importância da ferrovia Norte-Sul, afirmando que o empreendimento foi projetado “para se tornar a espinha dorsal do transporte ferroviário do Brasil”. O leilão está marcado para 28 de março, com projeção de R$ 2,8 bilhões em investimentos.

Ao final da concessão, estima-se que o empreendimento possa capturar uma demanda equivalente a 22,73 milhões de toneladas. O trecho a ser leiloado conecta os municípios de Estrela d’Oeste (SP) e Porto Nacional (TO) e tem 1.537 quilômetros. O valor mínimo de outorga é de R$ 1,353 bilhão, e o prazo da concessão é de 30 anos.

Projetos

Somente entre março e abril, serão realizados 23 leilões de infraestrutura no País. Além da ferrovia Norte-Sul, serão concedidos 12 aeroportos, divididos em três blocos (Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste), e 10 terminais aeroportuários, localizados nos estados do Pará, Paraíba e Espírito Santo.

No caso dos terminais aeroportuários, o leilão será realizado em 15 de março, e o investimento total previsto é de R$ 3,5 bilhões. Já em relação aos portos, são dois certames distintos. O primeiro, marcado para 22 de março, leiloará três áreas portuárias do porto de Cabedelo (PB) e uma do porto de Vitória (ES) e tem um investimento total previsto de R$ 199 milhões.

Já o segundo leilão concederá à iniciativa privada cinco áreas do porto de Belém e uma do terminal de Vila do Conde. O investimento total projetado é de R$ 430 milhões, e o leilão será realizado em 5 de abril.

Os 23 leilões fazem parte do plano de metas dos primeiros 100 dias de governo e serão realizados na Bolsa de Valores de São Paulo. Somados, eles devem gerar investimentos de aproximadamente R$ 7 bilhões para o País.

Fonte: Planalto, com informações do Ministério da Infraestrutura

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Barra Lateral Posts

Advertisement

Destaque